Bragantino sofre prejuízo milionário e torcida do Flamengo brinca com venda de Léo Ortiz

Léo Ortiz com a camisa do Red Bull Bragantino - Marcello Zambrana/AGIF (Marcello Zambrana/AGIF)

Na noite de 17 de dezembro de 2023, o Bragantino sofreu um duro golpe. Seu Centro de Treinamento, localizado na estrada Rocha Peçanha, em Atibaia, foi alvo de um roubo meticulosamente planejado, resultando em um prejuízo próximo de R$ 1 milhão. Durante o incidente, criminosos armados renderam seis funcionários e levaram 100 televisões, avaliadas em cerca de R$ 420 mil, além de cabos e fios de cobre, totalizando um prejuízo adicional de R$ 520 mil. Este evento ocorreu em um momento crucial, com o CT ainda em fase de construção, previsto para ocupar uma vasta área de 157 mil metros quadrados.

Este incidente chamou a atenção nas redes sociais, especialmente entre os torcedores do Flamengo. O perfil humorístico “PoetasFla” no Twitter fez uma brincadeira, insinuando que a torcida do Flamengo teria causado o prejuízo para forçar o Bragantino a vender Léo Ortiz a um preço mais baixo, destacando a paixão e o envolvimento dos torcedores nas negociações dos clubes.

Em paralelo a essa situação, as atenções se voltam para as negociações envolvendo o zagueiro Léo Ortiz. Com uma pedida inicial de 12 milhões de euros, o Bragantino mostrou flexibilidade ao reduzir o valor para 10 milhões de euros. Por outro lado, o Flamengo, interessado no defensor, considera o montante elevado, mas não descarta a possibilidade de elevar sua oferta inicial de 6 milhões de euros. A situação, ainda em aberto, gera expectativas entre os torcedores e observadores do mercado futebolístico.