Matías Viña revela como gostaria de ser chamado no Flamengo

Matías Viña em ação pelo Sassuolo (Foto: Nicolò Campo/GettyImages)
Banner Stake

A chegada de Matías Viña ao Flamengo trouxe não apenas um reforço de peso para a lateral-esquerda do time, mas também uma peculiaridade quanto ao seu nome. O uruguaio, recém-integrado ao elenco rubro-negro após uma negociação milionária com a Roma, fez questão de esclarecer sua preferência em relação a como gostaria de ser chamado no clube.

Desembarcando nos Estados Unidos na última quinta-feira (25), o jogador encontrou-se com o técnico Tite e seus novos companheiros de equipe. Em um momento de descontração e integração, Viña aproveitou para se expressar sobre sua identidade no novo clube:

— Estou muito feliz de estar aqui. Espero que seja um ano muito bom para todos nós. Ansioso para encontrar os companheiros, cumprimenta-los e trabalhar para fazer um ano bom. Espero estar no gramado com a torcida. Eu prefiro (ser chamado) Matías, só, tranquilo, é de boa, então só isso, disse o novo jogador do Flamengo.

A simplicidade na escolha de como gostaria de ser chamado ressalta a postura de Matías Viña, enfatizando que, além das habilidades no campo, ele traz para o clube um caráter acessível e uma vontade genuína de ser parte integrante da família rubro-negra.