Comentarista é irônico sobre a relação entre Landim do Flamengo e John Textor do Botafogo

John Textor e Rodolfo Landim - Foto: Reprodução / Botafogo Base
Banner Stake

O comentarista Renato Maurício Prado, conhecido como RMP, não economizou nas palavras ao comentar sobre a recente movimentação entre Flamengo e Botafogo, envolvendo o zagueiro Pablo. No centro da discussão está a decisão do presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, que, segundo RMP, parece ter uma admiração especial por John Textor, dono da SAF do Botafogo.

Renato Maurício Prado expressou sua incredulidade com a negociação na plataforma X, anteriormente Twitter, questionando as condições do empréstimo de Pablo ao Botafogo. Em suas palavras, “Empréstimo de graça e ainda paga 40% do salário? Landim se apaixonou mesmo pelo Textor.”

Esta negociação reflete não apenas as dinâmicas internas do futebol brasileiro, mas também o bom relacionamento entre Landim e Textor, que quase resultou em uma negociação semelhante para o lateral Matheuzinho. No entanto, o jogador recusou a mudança para o Botafogo, visando uma transferência para o Corinthians, que demonstrou interesse em adquirir seus direitos econômicos.

Pablo, que anteriormente se destacou no Corinthians e foi campeão do Brasileirão Série A em 2017, encontrou pouco espaço no Flamengo. Sua jornada até o empréstimo ao Botafogo até o final da temporada de 2024 é marcada por uma série de mudanças e empréstimos que definiram sua carreira, desde seu início no Ferroviário-CE, passagens por Iraty-PR, Ceará, e uma sucessão de clubes até se destacar na Ponte Preta e no Bordeaux, culminando em sua transferência para o Flamengo.

Apesar de ter feito parte das conquistas da Copa do Brasil e da Copa Libertadores da América pelo Flamengo, Pablo jogou menos de 50 partidas pelo clube em duas temporadas, chegando agora ao Botafogo para preencher a lacuna deixada por Victor Cuesta, que se transferiu para o Bahia.