Bragantino vai inscrever Léo Ortiz na Copa Libertadores

Léo Ortiz com a camisa do Red Bull Bragantino (Marcello Zambrana/AGIF)

O Red Bull Bragantino enfrenta um momento decisivo na preparação para a sua jornada na Libertadores, com o prazo final para a inscrição de jogadores se aproximando, estabelecido para esta sexta-feira (16). Uma das movimentações mais significativas do clube é a confirmação de que Léo Ortiz, zagueiro crucial para a equipe e alvo do Flamengo, será inscrito para a competição. A equipe brasileira tem sua estreia marcada contra o Águilas Doradas, da Colômbia, na terça-feira (20), em um confronto fora de casa que promete ser desafiador.

Enquanto o Bragantino solidifica sua escalação para a pré-Libertadores, as negociações envolvendo Léo Ortiz e o Flamengo seguem em andamento. Apesar do interesse do Rubro-Negro no defensor, os últimos dias não viram progressos significativos na transação. O clube de Bragança Paulista tem uma avaliação financeira do jogador entre 8,5 e 9 milhões de euros, uma quantia acima do que o Flamengo deseja investir atualmente. Tanto Pedro Caixinha, técnico do Massa Bruta, quanto Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, expressaram suas perspectivas sobre a situação, destacando a importância de Ortiz para suas respectivas equipes, mas também a discrepância nos valores propostos.

Leia também:

No entanto, uma peculiaridade nas regras da Libertadores oferece uma janela de oportunidade para que Ortiz possa, eventualmente, representar o Flamengo na fase de grupos da competição, mesmo sendo inscrito pelo Bragantino na fase preliminar. A legislação permite que um jogador seja registrado por até dois clubes diferentes na mesma edição do torneio, desde que não na mesma fase. Isso significa que, caso um acordo seja alcançado, Ortiz poderia jogar pelo Flamengo na fase de grupos, com o prazo de inscrição se estendendo até 29 de março.

Léo Ortiz não é apenas um jogador-chave para o Bragantino por suas habilidades defensivas, mas também contribui significativamente para o ataque. Com dois gols e uma assistência neste início de temporada, ele teve participação direta em um terço dos gols marcados pela sua equipe, reafirmando seu valor tanto na defesa quanto no suporte ao ataque.

Este cenário destaca a complexidade e a dinâmica do mercado de transferências no futebol sul-americano, bem como a estratégica administração de elenco necessária para competições continentais. À medida que o prazo de inscrição se aproxima e a estreia na pré-Libertadores se avizinha, o Bragantino e o Flamengo continuam a navegar pelas nuances dessas negociações, com os olhos no sucesso imediato e a longo prazo de suas equipes.