Flamengo vai aumentar proposta por Léo Ortiz

Léo Ortiz com a camisa do Red Bull Bragantino (Marcello Zambrana/AGIF)

Com o início do ano de 2024, o cenário do futebol brasileiro voltado para a movimentação intensa no mercado de transferências. Os clubes estão em busca de talentos que possam reforçar suas equipes, visando um desempenho superior nas competições desta temporada. Nesse contexto, o Flamengo está empenhado em elevar ainda mais o nível de seu elenco sob a orientação do renomado técnico Tite. O clube já assegurou a contratação de dois jogadores de alto calibre, De La Cruz e Matías Viña, mas não pretende parar por aí.

A busca do Flamengo por reforços tem um foco particular na defesa, com o zagueiro Léo Ortiz, capitão do Bragantino, no centro das atenções. O Flamengo vê em Ortiz a peça ideal para solidificar sua linha defensiva, mas a negociação tem se mostrado complexa. O Bragantino inicialmente pediu 12 milhões de euros pelo jogador, uma quantia considerada elevada pelo clube carioca, que conseguiu negociar uma redução para 9 milhões de euros. Ainda assim, o Flamengo avalia que o valor permanece alto, apesar do interesse mútuo em concretizar a transferência.

Leia também:

A direção do Flamengo, com o suporte de seu departamento financeiro, está preparando o que pode ser sua oferta final pelo zagueiro. Segundo informações do jornalista Allan Abi Madi, do ‘S1 Live’, o Flamengo irá aumentar a sua proposta.

Carreira de Léo Ortiz

Léo Ortiz iniciou sua carreira profissional no Internacional, onde fez sua estreia em 2017, contribuindo para a campanha que trouxe o clube de volta à elite do futebol brasileiro. Ainda em 2017, foi emprestado ao Sport, onde teve uma passagem marcante, atuando em 17 jogos e marcando um gol, além de ter sido escolhido como capitão em algumas partidas. Sua performance no Sport destacou-se tanto que, em 2018, Ortiz sagrou-se campeão da Taça Ariano Suassuna, um dos marcos iniciais de sua carreira​​.

Em 2019, sua carreira tomou um novo rumo ao ser emprestado ao Red Bull Bragantino, clube pelo qual se destacou rapidamente, marcando o gol do título do Campeonato Paulista do Interior. Logo após, ainda em 2019, foi contratado em definitivo pelo clube, assinando um contrato que inicialmente duraria até dezembro de 2020, mas que posteriormente foi renovado até dezembro de 2024. Sua liderança em campo foi reconhecida quando assumiu a faixa de capitão, liderando o time na conquista da Série B de 2019 e marcando o retorno do clube à Série A após 22 anos​​.

A ascensão de Ortiz não se limitou ao clube. Em junho de 2021, ele recebeu sua primeira convocação para a Seleção Brasileira, substituindo o zagueiro Felipe na Copa América, tornando-se o primeiro jogador do Bragantino a ser convocado para a seleção desde 1994. Essa convocação veio em um momento em que o Bragantino liderava o Brasileirão de 2021, consolidando ainda mais o impacto de Ortiz no cenário nacional​​.

Além dos sucessos coletivos, Ortiz conquistou reconhecimentos individuais significativos. Em 2021, foi eleito o melhor zagueiro do Brasil, um testemunho de sua qualidade defensiva e sua contribuição tanto para o clube quanto para o futebol brasileiro. Seu desempenho consistente o ajudou a acumular mais de 100 jogos pelo Bragantino, marcando uma trajetória notável que incluiu participações em competições continentais e a consolidação como um dos zagueiros mais respeitados do país​​.