Sem Matheuzinho, o Flamengo vai contratar um lateral?

Matheuzinho comemora gol com assistência de Lázaro em partida contra o Sporting Cristal pela Libertadores 2022 (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

O Flamengo, após a saída de Matheuzinho para o Corinthians, decidiu não buscar um substituto na atual janela de transferências. A direção do clube mantém a confiança na capacidade de Varela e Wesley para suprir a necessidade na posição de lateral-direito, conforme afirmado pelo diretor executivo de futebol, Bruno Spindel. Ele reforçou a crença no elenco existente, enfatizando que nenhum jogador é capaz de atuar sozinho em todos os minutos da temporada.

— Não até o meio do ano, mas o ano todo. A gente confia no elenco. Nenhum atleta vai conseguir jogar sozinho, na sua posição todos os minutos de todos os jogos, afirmou Spindel.

Leia também:

Durante as partidas do Campeonato Carioca, o técnico Tite adotou uma estratégia de rodízio entre Varela e Wesley, sem definir um titular absoluto para a lateral-direita. Sendo que ambos os atletas tiveram participação semelhante em número de jogos e minutos em campo, demonstrando a aposta do treinador na flexibilidade do elenco.

Embora a lateral-direita não seja vista como prioridade para reforços, o Flamengo está ativo no mercado visando outras posições. O clube expressa interesse no zagueiro Léo Ortiz, atualmente no RB Bragantino, enfrentando, no entanto, desafios financeiros na negociação.

— Até dia 7 de março a gente vai tentar fazer uma qualificação no elenco. A gente confia muito no Tite, no elenco, a gente confia que o trabalho vai render frutos e que o Flamengo vai ter grandes conquistas nessa temporada. A gente precisa fazer um esforço para qualificar mais o elenco, são 80 jogos no ano, tem Copa América, data FIFA, lesões, suspensões… vamos fazer o esforço para trazer mais uma ou outra peça, finalizou Spindel.