De La Cruz, bem-humorado, revela a expressão do futebol brasileiro que ele mais estranhou

Nicolás de la Cruz em apresentação pelo Flamengo (Foto: Marcelo Cortes /CRF)

Nicolás de la Cruz, meio-campista uruguaio, chegou ao Flamengo no final de 2023, marcando o início de sua trajetória no futebol brasileiro. Revelado pelo Liverpool do Uruguai, De la Cruz construiu uma carreira de destaque no River Plate, onde atuou de 2017 a 2023. Sua despedida do clube argentino foi marcada por emoções, onde afirmou: “Estou saindo [do River Plate] no melhor ano da minha carreira. Foi uma das decisões mais difíceis da minha vida. Pessoalmente eu precisava de uma mudança de cenário, de mudar um pouco o sentido do que eu vinha fazendo.” Sua chegada ao Flamengo foi considerada um marco, com a contratação custando cerca de R$ 79 milhões e um contrato até o fim de 2028​​.

Durante a pré-temporada nos Estados Unidos, De la Cruz destacou-se não só pelos treinos mas também por sua rápida adaptação. Em suas próprias palavras: “A nível pessoal, tentei a melhor adaptação ao grupo. Creio que esses dias aqui, por mais que no CT estejamos juntos é pouco tempo que convivemos. Aqui tem todo o dia juntos, desenrolar conversas, estar perto para escutar e aprender o que falam. Eles têm paciência comigo, isso para mim é muito importante. Creio que vai ser bom para todo o time. Por isso estou dando o melhor para ouvir, aprender… Foi uma semana muito linda, espetacular. Somado ao trabalho, os colaboradores, todos que rodeiam, é muita gente (risos), vou conhecendo os nomes. Temos que estar todos juntos.” Esta fase inicial nos Estados Unidos foi crucial para sua adaptação e entrosamento com a equipe​​.

Leia também:

Fora dos campos, De la Cruz também chamou atenção ao participar de um quadro especial da FlaTV. Em um passeio de fusca pelas ruas do Rio de Janeiro, ele compartilhou: “O português dele (Tite) não é muito fechado, é fácil de entender. E se tenho alguma dúvida… Arrasca (risos)! O futebol é um idioma único: entra, sale (sai), ladrón (ladrão)… Essa é nova para mim (risos). No Uruguai é ‘te llevan’. Quando você diz ‘te llevan’, é porque vem de trás alguém para tomar a bola.” Essa experiência cultural e sua visão sobre o novo ambiente foram destacadas durante o trajeto entre Vargem Grande e Vargem Pequena.

A respeito das expectativas para o ano, De la Cruz se mostrou otimista e alinhado com os objetivos do clube. Quando questionado sobre as possibilidades de conquistas na temporada, ele respondeu com confiança: “Sim. A equipe está junto com a torcida, com a diretoria, com a comissão técnica. Vamos conseguir muitas coisas.” Esse entusiasmo reflete o bom ambiente interno do clube e a harmonia entre os jogadores e a comissão técnica.

Atualmente, o Flamengo destaca-se no Campeonato Carioca, mantendo-se invicto e na liderança do torneio. A contribuição de De la Cruz já é notável, e o clube carioca está próximo de conquistar a Taça Guanabara, precisando apenas de um empate no próximo jogo contra o Madureira. A partida está marcada para este sábado no Maracanã, um momento crucial para a equipe demonstrar sua força e coesão.

A jornada de De la Cruz no Flamengo apenas começou, mas seu impacto já é sentido dentro e fora de campo. A expectativa é alta para o que o uruguaio pode trazer para o time nos próximos jogos e ao longo da temporada. O entrosamento e a adaptação do jogador serão fundamentais para o sucesso do Flamengo em 2024, e os torcedores estão ansiosos para ver o desdobramento dessa parceria.