Vídeo: Tite, do Flamengo, pede desculpas após polêmica

Tite em entrevista coletiva do Flamengo (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Neste sábado (02 de março), Tite teve um dia movimentado. Depois de ganhar do Madureira por 3 a 0 e levar a Taça Guanabara, ele falou com a imprensa e pediu desculpa por conta de sua declaração sobre o Daniel Alves. Na semana passada, Tite comparou a situação de Daniel Alves, que foi preso por estupro na Espanha, com um caso antigo do Neymar, que acabou sendo inocentado. Muita gente não gostou do que ele disse.

Tite admitiu que errou ao fazer essa comparação e pediu desculpas. Ele falou que respeita a decisão da justiça, que condenou Daniel Alves a quatro anos e meio de cadeia. O treinador também disse que acredita muito na educação, como foi ensinado pelos pais dele.

Leia também:

— Pessoal, me desculpem pela resposta que dei no caso Daniel Alves. Perdão. O erro, na medida que foi julgado pela justiça, foi condenado. A comparação que fiz sobre o caso, foi inoportuna, sem sentido. A etapa profissional que tivemos juntos foi de muita correção e respeito. Eu reafirmo que acredito na educação como orientação, como punição, como fui modelado pelos meus pais, afirmou Tite.

O que ele havia declarado

Na última semana, ele havia sido questionado sobre Dani. Na oportunidade, ele declarou o seguinte:

— Eu entendo a tua pergunta. Eu não posso fazer julgamento sem ter todos os fatos e as informações verdadeiras a respeito. Posso falar conceitualmente. Conceitualmente, todo erro deve ser punido. Mas não sou julgador e não tenho todos os fatos. Fora que há uma etapa de um profissional que trabalhou comigo e existem outras etapas profissionais e pessoais que ele também exerce. Essas eu não conheço e não posso julgar, tenho que ter muito cuidado. Vou dizer mais: quando fui numa coletiva que houve um problema com Neymar, foram 24 perguntas, tive que responder 18 a respeito de um suposto (estupro). E eu disse a mesma coisa, que eu não tinha conhecimento aprofundado. Mas quem erra deve ser punido. Foi assim que eu fui educado. Primeiro te ensino, segundo tu é punido para que aprenda.

Esse pedido de desculpas e o título conquistado mostram dois lados de Tite: o de uma pessoa que reconhece seus erros e o de um técnico vitorioso. Ele provou que está sempre querendo aprender e melhorar, seja na vida pessoal ou no futebol.