Varela consegue se firmar no Flamengo com Tite

Guilhermo Varela em treino do Flamengo no Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo se prepara para um dos confrontos mais aguardados do Campeonato Carioca, enfrentando o Fluminense na primeira partida da semifinal, programada para este sábado (09), às 21h, no estádio do Maracanã. Para este jogo destaca-se a situação de Matías Varela.

Varela, que chegou ao Flamengo sob certa expectativa, não atendeu essas esperanças em um primeiro momento. Porém, com a chegada de Tite, sua solidez defensiva combinada com a capacidade de apoiar o ataque essa situação mudou.

Leia também:

Neste ano, Varela vestiu a camisa rubro-negra em oito ocasiões em jogos oficiais, ficando de fora de apenas uma partida contra o Volta Redonda. Agora, ele está prestes a marcar sua presença como titular pela quinta vez consecutiva, uma prova de sua importância crescente para o esquema tático do Flamengo e de sua consistência em campo.

A importância de Varela para o Flamengo é ainda mais evidente diante da incerteza sobre a disponibilidade de Wesley, seu reserva imediato, que se recupera de uma lesão muscular. Essa situação deixa Varela sem uma substituição direta para o clássico contra o Fluminense.

Carreira de Varela

Guillermo Varela iniciou sua jornada no futebol com o Peñarol, em sua cidade natal, Montevidéu, antes de fazer a transição para o cenário europeu ao se juntar ao Manchester United em 2013. Apesar de sua contratação, estreou oficialmente pela equipe principal apenas em 2015, em uma partida contra o West Ham pela Premier League.

Durante sua temporada na Europa, foi emprestado ao Eintracht Frankfurt, onde uma controvérsia envolvendo uma tatuagem resultou em sua dispensa do clube alemão. Em 2017, Varela retornou ao Uruguai para jogar pelo Peñarol, e posteriormente assinou com o Copenhague da Dinamarca, antes de se juntar ao Flamengo, inicialmente por empréstimo em 2022 e depois em um contrato permanente até 2027​​.

Varela, por outro lado, teve uma carreira destacada principalmente em Portugal e no cenário europeu. Revelado pelo Sporting, passou por diversos empréstimos em seus anos iniciais, incluindo temporadas na Casa Pia, Vitória de Setúbal e Recreativo de Huelva, na Espanha. Em 2009, Varela assinou com o Porto, onde teve uma passagem de sucesso, contribuindo significativamente para as conquistas do clube, incluindo títulos da Liga Portuguesa, Taça de Portugal e a UEFA Europa League na temporada 2010-2011. Também teve passagens por West Bromwich Albion e Parma em empréstimos. Internacionalmente, representou Portugal em grandes torneios, marcando em ambas as competições, o Euro 2012 e a Copa do Mundo de 2014​​​​.