Jorge Jesus faz comparação entre o Al-Hilal e o Flamengo

Jorge Jesus durante um jogo do Al-Hilal (Foto: Reprodução/Al-Hilal)

Jorge Jesus continua a consolidar seu legado como um dos técnicos de destaque do futebol mundial. Recentemente, sob seu comando, o Al-Hilal alcançou um marco histórico, registrando 28 vitórias consecutivas, um recorde que supera a marca anterior detida pelo The New Saints. Este feito não apenas reitera a habilidade de Jesus em liderar suas equipes ao sucesso, mas também destaca a força e coesão do Al-Hilal sob sua gestão.

A conquista trouxe à tona a conexão de Jorge Jesus com o Flamengo, clube que dirigiu anteriormente. Em um gesto de afeto e respeito, o técnico português compartilhou suas emoções em um áudio enviado ao ex-presidente do Flamengo, Kléber Leite. No áudio, Jesus faz uma comparação direta entre o Al-Hilal e o Flamengo, evidenciando o carinho que ainda nutre pelo clube brasileiro e sua torcida.

Leia também:

— É uma boa equipe (o Al-Hilal). Essa equipe me faz lembrar muito o Flamengo. Tenho uma equipe que gosta muito de mim, assim como era no Flamengo. Isso facilita as coisas. Um abraço pra ti (Kleber Leite e ex-dirigente do Flamengo) e principalmente para Nação, disse JJ.

Rodinei, Jorge Jesus e Gabigol na premiação do título do Brasileirão (Foto: Jorge R Jorge/BP Filmes)

O triunfo sobre o Al-Ittihad por 2 a 0, que garantiu a classificação do Al-Hilal para a semifinal da Champions League da Ásia, foi o marco que consolidou o recorde de vitórias consecutivas.

Relembrando sua passagem pelo Flamengo, é impossível não reconhecer os feitos históricos alcançados sob a liderança de Jorge Jesus. O clube carioca atingiu a maior pontuação da história do Campeonato Brasileiro com 90 pontos, além de conquistar cinco títulos importantes, incluindo a Copa Libertadores da América. Esse período de ouro, marcado por 43 vitórias em 57 jogos, reafirmou o Flamengo como uma potência no cenário futebolístico sul-americano.

Carreira de Jorge Jesus

Jorge Jesus é um renomado técnico português com uma trajetória significativa no futebol, tanto em Portugal quanto internacionalmente. Iniciou sua carreira como treinador em 1990, no Amora, conseguindo promoções de divisão e destacando-se no comando de vários clubes portugueses, como Felgueiras, Vitória de Guimarães, e Moreirense. Teve passagens notáveis pelo Belenenses, onde alcançou bons resultados na Liga Portuguesa e na Copa da UEFA, e pelo Braga, com o qual venceu a Taça Intertoto da UEFA.

Seu período no Benfica, de 2009 a 2015, foi marcante, conquistando dez títulos e alcançando duas finais da Liga Europa, consolidando sua reputação como um dos principais técnicos portugueses. Em 2019, teve uma passagem histórica pelo Flamengo, antes de retornar ao Benfica em 2020. Atualmente, comanda o Al-Hilal da Arábia Saudita, mantendo sua influência no cenário futebolístico global​​.