Jornalista crava clube brasileiro como campeão da Libertadores

Taça da Copa Libertadores da América (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Nos últimos anos, o futebol brasileiro tem se destacado de forma marcante na Copa Libertadores da América, conquistando o título diversas vezes e estabelecendo uma dominância impressionante no continente. Esta supremacia é reconhecida amplamente, ao ponto de analistas esportivos, como Renato Maurício Prado, popularmente conhecido como RMP, afirmarem com convicção que o campeão da edição atual também será um clube brasileiro.

RMP destaca a força dos times nacionais e aponta o River Plate como a única equipe não brasileira capaz de desafiar essa hegemonia, embora tenha enfraquecido ao vender Nico De La Cruz para o Flamengo.

Leia também:

— Falando sério, eu acho muito difícil que o campeão não seja um brasileiro de novo. O único time forte (fora os brasileiros) é o River Plate. Mas, que mesmo assim, vendeu o melhor jogador pro Flamengo (Nico De La Cruz). Vai ser a sexta vez que um brasileiro vai ser o campeão. Não sei se vai ser uma final brasileira, mas a chance é grande, cravou Renato.

Representando o Brasil na competição estão clubes de grande tradição e competitividade: Atlético-MG, Botafogo, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Palmeiras e São Paulo. O Botafogo, assegurou sua participação após uma vitória decisiva contra o Red Bull Bragantino na fase preliminar da Libertadores, reafirmando a força do futebol brasileiro até nas etapas iniciais da competição.

O retrospecto recente dos clubes brasileiros na Libertadores é notável. Desde 2019, a taça tem ficado exclusivamente nas mãos de equipes do Brasil, com o Flamengo levantando o troféu em 2019 e 2022, o Palmeiras sendo campeão em 2020 e 2021, e o Fluminense conquistando o título mais recente em 2023. Além disso, o torneio presenciou três finais consecutivas entre clubes brasileiros, evidenciando a qualidade e o nível elevado do futebol praticado no país.

A expectativa para a nova edição da Copa Libertadores é alta, especialmente com o sorteio dos grupos marcado para a próxima semana. Equipes como Fluminense, Palmeiras, Flamengo, Grêmio e São Paulo já estão posicionadas no pote 1, indicando uma vantagem inicial na composição dos grupos devido ao seu desempenho anterior. O Atlético-MG encontra-se no pote 2, demonstrando a diversidade de forças dentro do próprio contingente brasileiro, enquanto o Botafogo está no pote 4, preparado para enfrentar desafios desde o início.