Na mira do Flamengo, Oscar define que vai voltar para o Brasil

Oscar, meia do Shanghai Port (Foto: Getty Images)

A expectativa pelo retorno de Oscar ao futebol brasileiro em 2025 está crescendo entre os torcedores e os clubes. O experiente meia-atacante, que atualmente joga pelo Shanghai Port, na China, já sinalizou seu desejo de voltar ao Brasil após o término de seu contrato em dezembro deste ano. Aos 32 anos, Oscar olha para o futuro próximo com planos de regressar às raízes e estar mais perto da família, um movimento que vem sendo cuidadosamente planejado pelo jogador e seu estafe.

Diversos clubes brasileiros já manifestaram interesse em contar com o talento do jogador, destacando-se entre eles Corinthians, Flamengo, Internacional e São Paulo. Esses times estão de olho na possibilidade de reforçar suas equipes com um atleta de calibre internacional, aproveitando a abertura para negociações a partir do meio do ano, quando Oscar estará livre para assinar um pré-contrato.

Leia também:

O Internacional aparece como o principal candidato na corrida pela contratação de Oscar. A equipe gaúcha tem mantido um diálogo constante com o estafe do jogador, com o técnico Eduardo Coudet diretamente envolvido nas conversas e destacando Oscar como sua prioridade de contratação. Esse interesse demonstra a importância que o meia-atacante representa para o projeto esportivo do clube.

Confira um vídeo dando detalhes sobre a vinda de Oscar:

Flamengo e São Paulo também surgem como destinos potenciais bastante atrativos para Oscar. O rubro-negro carioca, que quase fechou um acordo de empréstimo com o jogador em 2022, oferece uma estrutura profissional e financeira compatível com as expectativas de Oscar. O São Paulo, por sua vez, tem o apelo emocional de ser o clube que revelou o jogador nas suas categorias de base, o que poderia influenciar na decisão do atleta.

Por outro lado, o Corinthians enfrenta uma situação financeira menos favorável, o que coloca o clube em desvantagem na disputa pelo meia-atacante. No entanto, a paixão e a história do clube podem ser fatores que pesam na balança das decisões.

Para viabilizar seu retorno ao Brasil, Oscar está ciente da necessidade de ajustar suas expectativas salariais aos padrões do futebol brasileiro. Com um dos maiores salários do mundo, na casa dos R$ 10 milhões mensais, o jogador demonstrou disposição para adaptar-se economicamente, visando a concretização de seu desejo de voltar ao país. Essa atitude reflete o compromisso de Oscar não apenas com o aspecto financeiro de sua carreira, mas também com o desejo de estar próximo de sua família e contribuir novamente para o futebol brasileiro.