Vídeo: torcedor do Millonarios é pego em ato de racismo

Maracanã antes de jogo do Flamengo pela Libertadores (Foto: Paula Reis/Flamengo)

Na cerimônia de sorteio dos grupos da Libertadores, realizada em março, o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, enfatizou a necessidade de adotar uma postura de “tolerância zero” contra o racismo nesta edição do torneio. Apesar da promessa, não foram anunciadas medidas concretas para combater essa prática, que tem sido recorrente nos últimos anos.

O início da fase de grupos da Libertadores trouxe consigo uma triste realidade, a onda de atos racistas contra times e jogadores brasileiros. Um exemplo foi registrado durante a partida entre Flamengo e Millonarios, em Bogotá, onde um torcedor colombiano foi flagrado fazendo gestos racistas em direção aos rubro-negros.

Leia também:

Esse incidente evidencia uma problemática persistente na competição sul-americana, onde a Conmebol, historicamente, tem sido criticada por sua falta de ação efetiva contra o racismo. Mesmo casos graves muitas vezes resultam apenas em multas ou punições brandas, sem efetivamente coibir essa prática abominável.

Diante desse cenário, cresce a expectativa por uma postura mais enérgica por parte da Conmebol na Libertadores de 2024. Os torcedores e a comunidade do futebol esperam medidas concretas e eficazes para combater o racismo, que devem ir além das multas e refletir o compromisso real da entidade em erradicar essa forma de discriminação do esporte.

Veja o momento em que o torcedor é flagrado

Quando será o próximo jogo do Flamengo?

Em abril, o Flamengo enfrentará uma agenda repleta de desafios, competindo em três diferentes torneios. Sob o comando do técnico Tite, a equipe terá partidas pelo Campeonato Carioca, Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro.

Confira abaixo a agenda do Flamengo no mês de abril: