Fluminense x Cerro Porteño terá transmissão limitada

Foto: Lucas Merçon/Fluminense

O Fluminense enfrenta o Cerro Porteño na próxima quinta-feira, às 19h, em jogo válido pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores

No Maracanã, o Fluminense e o Cerro Porteño jogarão na quinta-feira, 16, às 19h (horário de Brasília), pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores. A partida será transmitida pela ESPN, um canal fechado, e pelo serviço de streaming Star+.

Apesar de não estar brilhando, o atual campeão da Libertadores ainda não foi derrotado no torneio, com duas vitórias e dois empates. Na última rodada, venceu por 1 a 0 o Colo-Colo no Chile, com gol marcado por Manoel.

Com isso, o Tricolor busca a classificação antecipada. Uma vitória elevaria sua pontuação para 11 pontos e garantiria não apenas a vaga, mas também a liderança do grupo. Um empate também seria suficiente para avançar, já que Colo-Colo e Cerro Porteño se enfrentam na rodada seguinte.

Fluminense pode garantir classificação na Libertadores – Marcelo Gonçalves / Fluminense

Contudo, o Fluminense chega após uma derrota para o São Paulo no Campeonato Brasileiro, colocando-a na zona de rebaixamento. Além dos problemas enfrentados na competição nacional, os desfalques preocupam Diniz para a Libertadores.

O técnico não contará com Marlon (joelho direito), Thiago Santos (lesão muscular), Gabriel Pires (lesão no joelho), Lelê (lesão no joelho), André (lesão no joelho), Renato Augusto (dor no joelho), Douglas Costa (lesão muscular) e Samuel Xavier (fratura no pé) para a partida.

Já do lado do Cerro Porteño, uma vitória poderia encaminhar sua classificação. Antes de enfrentar o Fluminense, os paraguaios estão invictos há nove partidas, com duas vitórias e três empates nos últimos cinco jogos.

Prováveis escalações

Fluminense Fábio; Guga, Felipe Melo, Manoel, Marcelo; Martinelli, Lima, Ganso; Marquinhos, Jhon Arias e Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz.

Cerro Porteño:  Jean; Alan Benítez, Eduardo Brock, Christian Báez, Santiago Arzamendia; Piris da Motta, Jorge Morel, Gabriel Aguayo, Cecilio Domínguez; Federico Carrizo e Diego Churin. Técnico: Manolo Jimenez.