Jorge Jesus acerta o seu novo contrato para a próxima temporada

Jorge Jesus durante um jogo do Al-Hilal (Foto: Reprodução/Al-Hilal)
Banner Stake

Jorge Jesus decidiu permanecer à frente do Al-Hilal. Segundo informações do portal “Mais Futebol”, de Portugal, o técnico está próximo de formalizar a renovação de seu contrato com o clube saudita, que tinha previsão de término em junho deste ano. Ainda em negociação, Jorge Jesus mostra preferência por um vínculo de mais um ano, em contraponto ao Al-Hilal, que propõe uma extensão de dois anos. A assinatura do acordo é esperada até sexta-feira.

Durante a temporada atual, Jorge Jesus não apenas garantiu os títulos do Campeonato Saudita e da Supercopa Saudita, mas também conduziu o Al-Hilal a um feito histórico: o recorde mundial de 34 vitórias consecutivas, um marco significativo tanto para o clube quanto para sua carreira.

No início do mês, a continuidade de Jorge Jesus no comando técnico do Al-Hilal parecia incerta. O próprio treinador expressou foco total na disputa do Campeonato Saudita, título que sua equipe acabaria conquistando nas rodadas seguintes, adicionando ainda mais prestígio à sua já impressionante temporada.

Esta não é a primeira vez que Jorge Jesus faz história no Al-Hilal. Em sua primeira passagem pelo clube, entre 2018 e 2019, ele já havia levado a equipe à conquista da Supercopa da Arábia Saudita. Com esse histórico de sucesso, a expectativa é que sua liderança continue trazendo frutos para o clube nas temporadas futuras.

A passagem histórica de Jorge Jesus pelo Flamengo

A passagem de Jorge Jesus pelo Flamengo, iniciada em meados de 2019, representou uma verdadeira revolução no futebol brasileiro e na trajetória recente do clube carioca. O técnico português chegou ao Brasil com um vasto currículo no futebol europeu, especialmente após suas bem-sucedidas temporadas à frente do Benfica e do Sporting, em Portugal. No Flamengo, Jorge Jesus implementou um estilo de jogo ofensivo, com alta intensidade, pressão constante sobre o adversário e uma organização tática que se destacava no cenário nacional. Essa abordagem resultou em uma performance dominante tanto no Campeonato Brasileiro quanto na Copa Libertadores da América, culminando em uma das temporadas mais memoráveis na história do clube. Em 2019, sob sua liderança, o Flamengo conquistou a Libertadores após 38 anos e o Campeonato Brasileiro com uma vantagem expressiva.

Além dos títulos, a era de Jorge Jesus no Flamengo foi marcada pela valorização e evolução de jogadores, que sob seu comando alcançaram níveis de performance antes não vistos, assim como pela implementação de uma mentalidade vencedora que permeou todo o clube. A relação entre Jorge Jesus e a apaixonada torcida do Flamengo se fortaleceu rapidamente, criando uma atmosfera de confiança e admiração mútua. Apesar de sua passagem pelo clube ter sido relativamente curta, deixando o Flamengo em 2020 para retornar ao Benfica, o legado de Jorge Jesus permanece vivo. Sua influência transcendeu os resultados em campo, mudando a maneira como o futebol é jogado e percebido no Brasil, e elevando o patamar de exigência para técnicos e jogadores no futebol brasileiro.