A declaração de Fernando Diniz sobre o Botafogo

Fernando Diniz, técnico do Fluminense - Foto: Mauro Pimentel/AFP
Banner Stake

Botafogo e Fluminense se enfrentaram no clássico carioca da oitava rodada do Brasileirão, realizado no estádio Nilton Santos. O Glorioso saiu vitorioso com um placar de 1 a 0, assumindo a liderança do torneio. Desde o início, o Botafogo demonstrou mais intensidade, força física e disposição nos duelos individuais, impondo-se sobre o adversário e levando perigo constante ao goleiro Fábio.

O Fluminense, por outro lado, teve um desempenho aquém do esperado e foi amplamente dominado. Após o jogo, o técnico Fernando Diniz concedeu uma entrevista coletiva, onde analisou a partida e reconheceu a superioridade do Botafogo. Segundo Diniz, o adversário mereceu a vitória e poderia ter marcado mais gols, destacando o volume de jogo e a disposição do Botafogo.

O Botafogo jogou melhor que a gente, mereceu ganhar até de mais gols. A análise contundente e fria do jogo é essa. Tiveram muito mais volume, correram mais, guerrearam mais e mereceram a vitória, disse Diniz.

Durante a coletiva, Diniz afirmou que o Fluminense não perdeu o ânimo após o gol sofrido, mas que teve apenas um breve momento de lucidez no início do segundo tempo. Nesse período, o jogo ficou mais equilibrado até o Botafogo marcar o gol decisivo. O técnico também mencionou que, no primeiro tempo, o Fluminense jogou abaixo das expectativas e poderia ter saído em desvantagem.

Não acho que por conta do gol a gente teve uma baixa de ânimo. Quando voltou para o segundo tempo, foi o único momento em que a gente teve lucidez para jogar. O jogo equilibrou naqueles minutos até tomar o gol. No primeiro tempo, a gente tinha jogado abaixo, podia ter saído perdendo, finalizou o treinador.

Ao analisar o gol do Botafogo, Diniz explicou que, após sofrer o gol, o adversário se retraiu, dificultando a criação de oportunidades para o Fluminense. Ele destacou que a equipe cometeu erros coletivos durante o jogo, mesmo tendo executado bem os treinamentos. Essas falhas foram decisivas para o resultado final e evidenciaram a necessidade de ajustes no time das Laranjeiras.