Atitude do PSG vai atrapalhar o planejamento do Corinthians

Escudo do Corinthians (Foto: Reprodução/Instagram)
Banner Stake

O Paris Saint-Germain barrou o plano do Corinthians de manter Gabriel Moscardo até o fim do ano. O clube francês não aceitou renovar o empréstimo do volante de 18 anos por mais seis meses, exigindo sua presença na pré-temporada, que começa em 15 de julho. Diante dessa situação, o Corinthians tenta negociar uma extensão do contrato por mais duas semanas.

Atualmente, Gabriel Moscardo tem compromisso com o Corinthians até 30 de junho. O clube busca prolongar esse período até 14 de julho, um dia antes da data prevista para o atleta se apresentar na França. Se a prorrogação for aceita, Moscardo poderá participar dos jogos contra Vitória, Cruzeiro e Vasco. Contudo, a tabela desses jogos ainda não foi detalhada pela CBF.

O PSG, até o momento, não respondeu à tentativa de extensão do empréstimo por duas semanas, mas a proposta é considerada difícil de ser aceita, conforme fontes próximas ao jogador. O clube francês investiu 20 milhões de euros (R$ 116 milhões) na contratação de Moscardo, dos quais o Corinthians receberá 18,5 milhões inicialmente, com a possibilidade de mais dois milhões se o jogador atingir determinadas metas.

Gabriel Moscardo pela Seleção Brasileira (Foto: Reprodução/Instagram)

Gabriel Moscardo foi emprestado ao Corinthians até julho para se recuperar de uma cirurgia no pé esquerdo. Durante os exames para assinar com o PSG, foi identificado um problema no local, que necessitou de uma operação. A recuperação foi dividida entre o CT Joaquim Grava e a estrutura da Academia Aspetar, no Catar, que presta serviços ao PSG.

A trajetória de sucesso do Corinthians no Brasileirão

O Sport Club Corinthians Paulista é um dos clubes mais tradicionais e bem-sucedidos do futebol brasileiro, tendo conquistado o Campeonato Brasileiro em diversas ocasiões. O clube alcançou seu primeiro título nacional em 1990, um marco significativo que quebrou um jejum de títulos que durava desde a década de 1950. Essa conquista foi apenas o começo de uma série de sucessos que consolidariam o Corinthians como uma força dominante no cenário nacional. Nos anos subsequentes, o clube continuou a mostrar sua força, conquistando o Brasileirão em 1998, 1999, e 2005, períodos durante os quais o clube demonstrou consistência e competitividade.

Mais recentemente, o Corinthians teve um desempenho notável nas temporadas de 2011, 2015 e 2017, onde novamente levantou o troféu do Campeonato Brasileiro. Estas vitórias recentes destacam-se não apenas pelo futebol eficiente apresentado em campo, mas também pela gestão técnica acertada e a estratégia de montagem de elenco, que foram fundamentais para alcançar tais conquistas. A habilidade do clube em se reinventar e manter um alto nível de performance é um testemunho da sua grandeza e resiliência, características que mantêm sua vasta base de torcedores apaixonados e esperançosos por futuros sucessos.