Empresário de Gabigol abre o jogo sobre a situação do atacante no Flamengo

Gabigol participa de treino do Flamengo (Foto: Divulgação/Flamengo)
Banner Stake

Gabigol recebeu uma nova proposta de renovação do Flamengo nesta sexta-feira (28). O jogador não gostou da oferta feita pelo clube e prontamente rejeitou os termos estabelecidos.

Em entrevista ao programa “Seleção SporTV”, o empresário de Gabigol, Júnior Pedroso, afirmou que o jogador deve deixar o clube no final do ano caso a proposta não melhore. A oferta feita foi de um ano de extensão de contrato e 50% de reajuste salarial.

O que mais incomoda o atleta é curto período do novo contrato, visto por ele e seus representantes como desinteresse na continuidade do atacante no time rubro-negro.

— Com certeza, se o Flamengo entende por bem que pode se aproveitar desse momento em que pode exigir alguma troca ou algum valor financeiro para liberar o Gabriel de forma antecipada, isso claramente poderia ser efetuado. Caso contrário, ele vai sair em dezembro. É entender da parte do clube o que eles preferem.

Processo de negociação

Júnior Pedroso detalhou as conversas sobre renovação do Flamengo com Gabigol que aconteceram no ano passado. O empresário conta que Bruno Spindel lidou diretamente com ele e as negociações caminhavam para um possível acerto, mas o clube acabou mudando de postura posteriormente.

— Estive com Bruno (Spindel) em maio de 2024, no jogo Red Bull x Flamengo, em Bragança. Bruno me convidou para um café e perguntou se tínhamos o desejo de reabrirmos a negociação. Eu expus que sim. Entendemos que talvez eles tivessem problemas políticos para desenvolver um negócio que já estava acordado, mas que estávamos dispostos a conversar. O Bruno não tinha apresentado nada nesse bate-papo, foi tudo informal. Demos um prazo até julho para que isso se realizasse, porque o Gabriel não iria esperar até dezembro para resolver o futuro dele. Gabriel já tem 27 anos, vai fazer 28 anos em agosto. Ele tem um ciclo muito importante na carreira dele, talvez um ciclo de estabilidade.

— Daí para frente não consegui mais conversar com o Bruno sobre renovação. E agora por último o Flamengo veio abordar diretamente o Gabriel com essa proposta de extensão de um ano de contrato, entendendo que o clube precisava de um tempo para avaliá-lo. Isso foi direto com o Gabriel e de fato no momento ele estranhou. Nunca imaginamos que o Flamengo iria propor extensão de contrato de um ano, independentemente dos termos financeiros. E ele, óbvio, negou na hora.