Liverpool recusou atacante oferecido ao clube

Bandeirinha de escanteio do Liverpool em Anfield
Banner Stake

O Liverpool quase acertou a chegada do Anthony Gordon, jogador do Newcastle. O agente de Gordon estava pressionando para concretizar a transferência, mas o negócio não se concretizou. O Newcastle precisava levantar fundos antes do fim do ano financeiro da Premier League, em 30 de junho, para cumprir as regras de lucro e sustentabilidade.

Para arrecadar dinheiro, o Newcastle vendeu Yankubah Minteh ao Brighton por £ 30 milhões e Elliot Anderson ao Nottingham Forest por £ 35 milhões. No entanto, também ofereceram Anthony Gordon ao Liverpool, que demonstrou pouco interesse na transferência, principalmente devido aos valores baixos que não ajudariam significativamente no déficit financeiro do Newcastle.

Anthony Gordon em ação pelo Newcastle (Foto: Reprodução/Instagram)

Gordon estava interessado em se transferir para o Liverpool, seu clube de infância, e discutiu a possibilidade com seus companheiros de equipe enquanto representava a Inglaterra na Eurocopa. O Newcastle está agora preocupado com o psicológico de Gordon após a transferência não ter se concretizado. A equipe não quer perder um de seus principais jogadores, especialmente depois de sua boa performance na temporada passada.

O Liverpool, por sua vez, possui vários jogadores para a posição de Gordon, incluindo Luis Diaz, Cody Gakpo e Darwin Nunez. Portanto, não estavam dispostos a gastar grandes quantias em mais um jogador para a mesma posição. Além disso, a troca de Joe Gomez ou Jarell Quansah foi considerada durante as negociações, mas acabou sendo rejeitada pelo Liverpool devido à escassez de zagueiros no elenco.

Embora a transferência de Anthony Gordon não tenha acontecido, o jogador ainda é altamente valorizado pelo Newcastle. Resta saber como isso afetará seu desempenho e motivação na próxima temporada, já que o clube inglês continua a contar com seu talento e dedicação.

Carro luxuoso de Vini Jr. chama atenção

Os jogadores do Real Madrid foram agraciados com “brindes de luxo” da patrocinadora do clube, a BMW, e puderam escolher entre uma seleção de modelos elétricos de alta classe. Vinícius Júnior optou pelo BMW i4 M50, avaliado em cerca de R$ 430 mil. Antes da BMW, o Real Madrid era patrocinado pela Audi, que igualmente presenteava o elenco com carros de alto padrão. Veja mais detalhes do carro luxuoso de Vini Jr em nosso canal no YouTube: