Ele fez um tratamento de emergência, jogou no sacrifício e foi destaque na vitória do Santos

Gabriel Brazão em ação pelo Santos (Foto: Reprodução/Instagram)
Banner Stake

Gabriel Brazão brilhou em vitória do Santos sobre o Ceará

Gabriel Brazão superou as expectativas e essencial na vitória do Santos por 1 a 0 contra o Ceará na 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O goleiro precisou de um tratamento intensivo no ombro esquerdo após sentir dores na partida anterior contra a Chapecoense, na segunda-feira.

Após a lesão, Brazão ficou sob os cuidados do departamento médico do Santos, mas conseguiu se recuperar a tempo para ser titular na Arena Castelão. Em agradecimento aos médicos do clube, ele fez questão de destacar o suporte recebido após a partida.

A escassez de opções para o gol preocupa o técnico Carille. Com João Paulo afastado devido a uma ruptura no tendão de Aquiles e Rodrigo Falcão fora por uma lesão no joelho, o reserva imediato de Brazão é o jovem Diógenes.

Brazão ganhou sua primeira oportunidade como titular no Santos em 24 de maio, durante a derrota por 2 a 1 para o América-MG em Belo Horizonte, quando João Paulo se lesionou. Desde então, Brazão vem ganhando confiança e já soma oito partidas, com sete gols sofridos.

Carille comentou sobre a importância de preparar todo o elenco, destacando a qualidade de Brazão. — Nós não preparamos apenas 11 jogadores. Preparamos o grupo todo, pois não sabemos quando vamos precisar de cada um. O Brazão, jovem, foi comprado pela Inter de Milão, o que demonstra sua qualidade e projeção. Infelizmente, teve lesões sérias e ainda tem poucas partidas profissionais, mas no dia a dia mostrou qualidade, talento e coragem. Claro que o ritmo de jogo é muito importante, e é normal a falta de segurança e decisões erradas nos primeiros jogos, mas ele sempre mostrou que tem capacidade e está indo muito bem, afirmou Carille.

O Santos volta a campo no dia 15 de julho, segunda-feira, quando enfrenta o Ituano pela 15ª rodada da Série B. O jogo será na Vila Belmiro, às 20 horas (horário de Brasília).