Como chega o Corinthians para o jogo contra o Vasco?

Raphael Laruccia, técnico interino do Corinthians (Foto: Reprodução/Corinthians)
Banner Stake

Vasco e Corinthians se enfrentam nesta quarta-feira (10), em São Januário

Na 16ª rodada do Brasileirão, o estádio São Januário será palco de um confronto emocionante entre Vasco e Corinthians. O jogo está marcado para as 19h (horário de Brasília), o Cruz Maltino quer continuar subindo na tabela, já o Timão chega para tentar melhorar sua situação.

Os cariocas do Vasco não vencem o Corinthians desde 2010, criando um jejum de 21 jogos e quase 14 anos. A última vitória do Vasco sobre o Corinthians foi na 18ª rodada do Brasileirão de 2010, com um triunfo por 2 a 0 (gols de Zé Roberto e Éder Luís), em São Januário. Durante esse período, o Corinthians conquistou 13 vitórias e houve 8 empates. Agora, com o Vasco como mandante, o cenário é de dez jogos, com seis empates e quatro vitórias do Corinthians.

O Alvinegro Paulista está em situação delicada na tabela, ocupando a 17ª posição com 12 pontos e tentará fazer valer o retrospecto recente contra o Vasco. Se vencer na capital do Rio de Janeiro, o Timão pode ultrapassar o Cuiabá (16º colocado, com 14 pontos).

No entanto, o interino Raphael Laruccia terá que lidar com um grande desfalque: Rodrigo Garro, craque do Corinthians no campeonato, está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Igor Coronado deve substituí-lo, já que treinou entre os titulares. O argentino tem dois gols e duas assistências na competição. O restante da equipe provavelmente será o mesmo que perdeu por 3 a 0 para o Cruzeiro na última rodada, com uma dúvida na lateral-esquerda entre Hugo e Matheus Bidu.

Nas últimas cinco partidas, o time teve duas derrotas, dois empates e apenas uma vitória (em casa, por 3 a 2, contra o Vitória, concorrente na briga contra o rebaixamento).

Apesar de ainda não ter um novo técnico anunciado, o Corinthians enfrentará o Vasco em São Januário com Raphael Laruccia no comando da equipe. Além do meia Rodrigo Garro, suspenso, os laterais Fagner e Diego Palacios, bem como os volantes Maycon e Ruan Oliveira, também estão fora de combate, se recuperando de suas respectivas lesões.