Rodrigo Caio não esconde insatisfação com derrota do Flamengo na Libertadores e faz cobrança

Rodrigo Caio e Gabigol durante treinamento no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Banner Stake

Uma noite que poderia ser de alívio para o Flamengo acabou se tornando mais um drama. O Rubro-Negro entrou em campo para encarar a LDU, pela Libertadores, precisando de um empate para se classificar à segunda fase da competição. O Fla até saiu na frente, com Bruno Henrique, mas sofreu a virada e agora vive situação complicada na busca por uma vaga nas oitavas da competição.

Em meio a isso, o zagueiro Rodrigo Caio não escondeu a insatisfação com o resultado e alertou para a postura da equipe.

“Acredito que começamos o jogo com uma pressão. A gente vinha controlando, mas tomamos o gol em uma bobeira nossa. O campo nos prejudicou um pouco, mas não é desculpa, foi falta de atenção nossa”, disse o zagueiro após a partida. Em seguida, o camisa 3 ainda reconheceu que o Flamengo se perdeu ainda mais em campo após sofrer o segundo gol: “O segundo gol saiu num momento puxado do jogo, a gente vinha bem, nos abalamos um pouco”.

Após reconhecer a atuação abaixo do esperado e da cobrança, o defensor garantiu foco e força máxima para conquistar a classificação na partida que ainda resta: “Precisamos estar fortes, nos unirmos. Vamos trabalhar muito forte para inverter esta situação e garantir nossa classificação”.

Com nove pontos conquistados, o Flamengo ainda aparece na liderança do Grupo D. No entanto, o Peñarol, adversário na última rodada, tem a mesma quantidade e precisará de uma vitória em casa para garantir sua classificação. A LDU, que estaria eliminada caso não vencesse o Fla, agora tem sete e vai encarar o San José – lanterna, que somou quatro pontos – no jogo final da fase de grupos. As duas partidas estão marcadas para o dia 08 de maio.

Retirado de: Coluna do Flamengo