“Diga Não à Homofobia!”: Flamengo se une a campanha de clubes da série A do Brasileirão

Escudo do Flamengo é exposto próximo a um dos gols, no gramado do Maracanã (Foto: Daniel Castelo Branco)

O Flamengo divulgou em suas redes sociais, na noite desta sexta-feira (30), campanha dos clubes brasileiros da série A do Campeonato Brasileiro visando combater a homofobia não apenas nos estádios, mas também fora deles.

No twitter, o Rubro-Negro escreveu: “Diga Não à Homofobia! Clubes da série A se unem pelo combate à homofobia, não somente em campo, mas no dia-a-dia. São inaceitáveis práticas ainda existentes em nossos estádios: temos que dar um basta!”

Leia também:

Confira:

A campanha objetiva evitar que casos como o da última rodada do Brasileirão, na partida entre Vasco x São Paulo, em São Januário, se repitam. Na ocasião, a torcida cruzmaltina cantava música de teor homofóbico contra os são paulinos, com os dizeres “vi@#, time de vi@#”. O árbitro, Anderson Daronco, interrompeu o jogo, se dirigiu aos capitães das equipes, ao treinador do Vasco, Vanderlei Luxemburgo, e ao delegado responsável pela partida para avisar que não toleraria a continuação dos cânticos e que registraria o ocorrido na súmula, em caso de desobediência.

Além da punição aos times, é importante ressaltar que o Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou, recentemente, a criminalização da homofobia, considerando a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero como crimes.

Retirado de: Coluna do Fla