Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz abre o jogo sobre negociação envolvendo o volante colombiano Fredy Guarín

Fredy Guarin em ação pela Colômbia (Foto: Getty Images)

O Flamengo segue com foco no Campeonato Brasileiro e na Copa Conmebol Libertadores, competições que briga pelo título, mas os dirigentes cariocas ainda monitoram o mercado de transferências.

Em contato com a imprensa, na manhã desta quarta-feira (18 de setembro), Marcos Braz, vice-presidente de futebol, confirmou que o Rubro-Negro mantém conversas com o volante colombiano Fredy Guarín, que está sem clube.

Leia também:

O dirigente, no entanto, não garante que o colombiano, de 33 anos, acerte com o Flamengo. O site Globo Esporte informou, na madrugada desta quarta (18), que as conversas avançaram entre o jogador e os dirigentes do Fla. O empresário do atleta chegou a indicar a proximidade do acerto e afirmou que Guarín quer jogar no Rubro-Negro.

— Estamos trabalhando para fechar tudo. Esperamos que dê certo. Há coisas da MLS e da Argentina, mas Fredy quer o Flamengo -, declarou Marcelo Ferey, empresário do atleta ao GE.

O intuito dos dirigentes do Flamengo é contratar um jogador para repor a saída de Gustavo Cuéllar, que foi vendido para o Al Hilal, dos Emirados Árabes. Fredy Guarín, por sua vez, está livre no mercado desde junho. Por isso, mesmo com a janela de transferências internacionais fechada, o Rubro-Negro não tem empecilho para contratar o volante.

Guarín é um jogador de carreira consolidada na Europa. O volante atuou por equipes tradicionais do Velho Continente, como Saint-Etiénne-FRA, Porto-POR e Internazionale-ITA, obtendo destaque nestes dois últimos, em especial no time português, onde conquistou oito títulos. O atleta também tem em seu currículo a disputa da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, com a seleção colombiana.

Retirado de: Coluna do Fla