De volta ao Flamengo, Bruno Henrique tem boas e más lembranças com o Del Valle

4
Bruno Henrique em ação pelo Flamengo na partida contra o Santos (Foto: Alexandre Vidal)

Bruno Henrique é o principal personagem do retorno do Flamengo à Libertadores. Ao ser confirmado na relação que embarcou nesta terça-feira para o Equador, onde o time enfrenta nesta quinta o Independiente Del Valle, um filme deve ter passado na cabeça do atacante. Que volta para recuperar o prestígio que teve no ano passado.

Ao reencontrar o torneio, boas lembranças. Se não foi o artilheiro — marcou 5 gols, quatro a menos que Gabriel —, o camisa 27 ficou marcado como o único atleta do clube a disputar os 13 jogos da campanha do título de 2019. Que levou o Flamengo à decisão da Recopa Sul-Americana contra o Del Valle.

Aí, as recordações não são boas. No jogo de ida, no Equador, ainda em fevereiro, Bruno Henrique machucou o joelho direito. Mais precisamente, sofreu uma lesão no ligamento colateral medial e um estiramento na cápsula posterolateral após marcar o primeiro gol do empate em 2 a 2.

O problema tirou o atacante não apenas do jogo de volta, no Maracanã, como também da primeira rodada da Libertadores, contra o Junior Barranquilla, na Colômbia. Bruno Henrique voltou na segunda rodada e ajudou o Flamengo na vitória por 3 a 0 sobre o Barcelona, com um gol de cabeça.

O mesmo joelho foi alvo de uma pancada no jogo com o Santos, pelo Brasileiro, e um edema ósseo apareceu. Bruno Henrique ficou duas semanas fora. E volta contra um adversário que precisa exorcizar para, quem sabe, acabar com a sua má fase, que vem desde a volta do futebol, ainda em junho.

Atacante não sabe se começa como titular

Antes do embarque para o Equador, o Flamengo treinou pela manhã no Ninho do Urubu, e o técnico Domènec Torrent não confirmou a equipe que vai jogar contra o Independiente Del Valle.

O atacante Bruno Henrique deu declarações ao site do clube e também deixou no ar a dúvida sobre se vai começar a partida na altitude.

O jogador vem de lesão, mas foi poupado da partida com o Ceará no domingo, quando já vinha treinando normalmente. Mesmo assim, ele comemora o retorno.

— Muito feliz em estar de volta, depois de 15 dias me recuperando de uma lesão no joelho. Estou bastante confiante neste retorno e focado em jogar bem novamente. É sempre bom estar à disposição do professor, independente de começar jogando ou não. O importante é todos nós estarmos concentrados nesses dois jogos que teremos no Equador.

Em seguida, o Flamengo enfrenta o Barcelona, na terça-feira, sem voltar ao Rio.

Retirado de: Extra

4 COMENTÁRIOS

  1. O Flamengo tem um time concreto, não tem que inventar. Se vai poupar, é um ou dois jogadores, mas nunca descaracterizar a equipe. Se vc mexe muito gerará a questão do entrosamento. Nuca pode jogar Gustavo Henrique e Léo Pereira ( eles não jogam juntos, treino não dá ritmo de jogo). Everton Ribeiro por dentro nunca meu amigo!!!. São esses detalhes que constrói uma derrota.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here