Queda não alivia calendário do Flamengo na atual temporada

12
Rogerio Ceni orienta jogadores do Flamengo durante treinamento no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Rogério Ceni chegou ao Flamengo há menos de duas semanas e, após um empate com o Atlético-GO, no Brasileirão, e duas derrotas para o São Paulo, pela Copa do Brasil, o técnico já identificou ajustes a serem feitos no time. Porém, nem mesmo a queda precoce no mata-mata nacional significará um alívio no calendário do Rubro-negro, e o treinador terá que resolver os problemas nos raros momentos à disposição no CT do Ninho do Urubu.

Até o final de 2020, os jogos do Brasileirão e da Libertadores – caso o time avance às quartas de final – se acumulam e mantém a maratona imposta no calendário espremido por conta da pandemia do novo coronavírus – a qual paralisou o futebol por quase seis meses, mas todas partidas foram mantidas.

Se o Fla avançar na Libertadores, como previsto no orçamento e é esperado pelo departamento de futebol, serão duas semanas livres até a virada do ano – sendo semanas livres consideradas aquelas sem partidas no meio de semana.

Diante dos erros (individuais e coletivos), o lado mental “abalado” – como o próprio treinador identificou – e problemas físicos atingindo o elenco em série, Rogério Ceni não terá o tempo como aliado neste início de trabalho no clube.

Com as semifinais e finais da Copa do Brasil nos dias 23 e 30 de dezembro e 3 e 10 de fevereiro, respectivamente, essas são as semanas possivelmente livres para Rogério Ceni, desde que nenhuma partida do Flamengo seja remanejada. O jogo contra o Grêmio, pela 23ª rodada do Brasileirão, não tem data definida.

São 14 semanas até o final da temporada – estendida até 24 de fevereiro -, da qual o técnico Rogério Ceni pode ter não mais que quatro livres para trabalhar.

Retirado de: Lance

12 COMENTÁRIOS

  1. Se tivesse atrasando o salário vai ver que eles estariam jogando igual p time do Gama aqui em Brasília, 7 meses sem salários e tem a segunda melhor campanha da Quarta divisão. Mas temos que ver no ano passado não tivemos tantas contusões como esse ano. Vamos dar crédito para o técnico.

  2. Elias Freire kkk salário eu não sei mais as premiações pelas conquistas da super copa e Recopa e até mesmo o campeonato carioca não foi pago ainda e isso pode tá interferindo sim

  3. Esperamos que o calendário continue apertado, aposto que a Nação não pensa em folga o que significaria ficar fora das competições!!!
    Com relação aos calendários,os Clubes são os próprios culpados por essa situação,aceitam tudo que vem da CBostaF, não existe união para peitar esse lixo,sem contar ainda o fator financeiro!!!

  4. É só ele nunca mais escalar G Henrique e Léo Pereira Na zaga, ele conseguiu sumir com nosso melhor zagueiro depois do Rodrigo Caio, O NATAN, depois tem otavio que jogou muito contra Palmeiras e tem o Noga, na lateral temos Ramon que é mil vezes melhor que Renê, some com linconl e Vitinho tbm , aí começaremos a ganhar os jogos.

    • Salário eu não sei,as as premiações do Carioca, Recopa, Supercopa e o problema com a premiação da Libertadores certamente estão minando isso, pq não há outra razão para esse elenco, considerado o melhor da América, estar jogando desse jeito.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here