Paulo Sousa dá sua opinião sobre Gabigol e Pedro jogarem juntos no time do Flamengo

0
Pedro comemora gol marcado pelo Flamengo contra o Sporting Cristal (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O Flamengo venceu o Sporting Cristal na última terça-feira (24) por 2 a 1 e terminou a fase de grupos da Conmebol Libertadores com o pé direito. No entanto, não foi o suficiente para o torcedor, que vaiou a equipe no Maracanã após o fim da partida.

Em entrevista coletiva após o confronto com os peruanos, Paulo Sousa destacou que o torcedor está acima de tudo. Se no momento não está satisfeito, comissão e elenco devem trabalhar para entregar o esperado.

— Nossa torcida é soberana, eles têm todo direito de estarem ou não contentes. Procuramos fazê-los felizes com a nossa performance e com os nossos resultados. Se eles não pensam assim nesse momento, temos que continuar a trabalhar mesmo tendo atingido nesta campanha resultados extraordinários. Vencemos a própria Universidad Católica fora de casa, o que não acontecia, começou por afirmar o treinador.

Em seguida, o português voltou a falar sobre a possibilidade de escalar Pedro, autor do segundo gol do Flamengo na partida, e Gabigol, artilheiro do Rubro-Negro na temporada, juntos no ataque.


— Vou fazer lembrar algumas palavras que disse antes de chegar ao Rio sobre a minha ideia de dinâmicas para poder usar Pedro e Gabi juntos. Claro que depois de estar no dia a dia, são eles que vão me mostrando e vão me dando a confiança para poder fazer. O Gabi, também já disse na última coletiva, tem mostrado uma capacidade de entendimento de jogo e uma oferta tática muito interessante também para o meu colega Tite poder analisar e usufruir. O comprometimento dos dois é fundamental para que o processo de ter os dois atacantes em campo seja mais consistente, declarou.

O Flamengo, agora, vira a chave para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (29), às 18h, o Rubro-Negro faz o clássico com o Fluminense, no Maracanã, pela 8º rodada da competição.

Retirado de: ESPN