Momentos de Palmeiras e Real Madrid influenciam planejamento do Flamengo para decisões

0
Jogadores do Flamengo participam de atividade no Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Adversários em vista no Flamengo, Palmeiras e Real Madrid tiveram um fim de semana diferente entre si. O clube paulista tropeçou sem gols diante do São Paulo no clássico local. Já o time espanhol saiu vitorioso frente ao Atlético Bilbao (2 a 0). Os momentos distintos nessa altura da temporada são boas notícias para o Flamengo.

A primeira se deve ao desempenho abaixo da crítica do Palmeiras, próximo compromisso já no sábado, pela final da Supercopa, em Brasília. Como o próprio Flamengo também está em início de trabalho este ano, e sob nova direação, pegar um oponente de peso no cenário nacional mau das pernas é favorável.

A equipe de Abel Ferreira demonstrou pouco poder de fogo e saiu vaiada de sua arena, com protestos contra a direção para novas contratações depois do placar zerado. Embora tenha pecado no ataque, o Palmeiras ainda exibe consistência defensiva e alto poder de recuperação de bola após a perda, um dos pontos que Vitor Pereira tenta trabalhar no Flamengo. A expectativa é por um duelo no meio nesse sentido.

Com gols de Benzema e Kross, o Real Madrid se recuperou de um mau momento e retomou a confiança para a disputa do Mundial de Clubes em fevereiro. A possível final contra o Flamengo ainda depende de adversários nas fases anteriores. A semifinal está prevista para o dia 8 de fevereiro, data que concilia com o dia em que a equipe treinada por Carlo Ancelotti disputa a semifinal da Copa do Rei, portanto pode haver um conflito de datas, obrigando ao clube merengue a dosar seu elenco.

A esta altura, a expectativa é que o Flamengo já tenha se entrosado mais com as ideias de seu novo treinador. Ainda assim, a diferença na maturidade dos trabalhos é gritante, e o clube carioca terá que fazer valer mais o talento de um setor ofensivo entrosado há alguns anos para tentar obter vantagem.

O quarteto de ataque agora abastecido novamente por Gerson é o ponto forte, mas Vitor Pereira já alertou que o time sofrerá em sua defesa quando atuar diante de equipes mais fortes como o Real, que ataca de forma vertical, em velocidade, e também faz pressão pós-perda já com os homens de frente. Um desafio gigantesco que certamente não terá o tempo ideal de preparação. O alento é que, ao menos, serão mais alguns dias.

Retirado de: O Globo

Volante contratado

A diretoria do Flamengo acertou a contratação de mais um volante. Confira abaixo todos os detalhes e inscreva-se em nosso canal no YouTube.