Zagueiro do Flamengo divulga que irá se aposentar e irá assumir nova função no clube

Marcos Braz durante uma coletiva de imprensa no Ninho do Urubu (Foto: Reprodução/Flamengo)

Por: Kayo Silva

Jhonata Cruz Ventura, aos 19 anos, representa um exemplo de superação e paixão pelo futebol. Conhecido como um dos sobreviventes do trágico incêndio no Ninho do Urubu, Jhonata divulgou a informação de que irá se aposentar enquanto jogador mas seguirá no clube. Ou seja, o zagueiro começará a construir uma nova trajetória, porém, fora dos gramados.

Sua carreira como jogador profissional começou cedo. Aos 16 anos, em outubro de 2020, Jhonata assinou seu primeiro contrato com o Flamengo. Contudo, as sequelas decorrentes do incêndio impactaram sua performance, levando-o a uma difícil decisão: encerrar sua carreira de jogador.

Leia também:

Rodrigo Dunshee e Jhonata Ventura (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

A confirmação de tal situação foi divulgada pelo próprio jogador. Na noite desta terça-feira (12), ele publicou uma nota oficial através de seu perfil no Twitter.

Confira a nota completa abaixo:

Bom, hoje comunico minha decisão de me desligar da função de ATLETA, e começo como FUNCIONÁRIO do clube na área de scout, que eu amo desde da minha infância.

Foi uma decisão muito difícil mas sei da escolha que estou fazendo, cheguei no clube com 13 anos e aqui vivi uma das melhores experiências da minha vida. Fiz vários amigos e colegas, e vou continuar fazendo.

Ser atleta do Flamengo foi um enorme prazer, quero agradecer a todos que viveram comigo por esses 6 anos como atleta do clube. Onde dei minha vida, meu tempo, e meu amor e carinho por essa camisa. Tive muitas felicidades, tive dias muito difíceis como todo mundo têm, hoje sei que ainda estou realizando um sonho de um garoto lá do Espírito Santo, que achava impossível estar vivendo e vivenciando esse clube enorme.

Irei fazer o meu máximo para ficar lembrado com meu trabalho pelo clube e de pouco em pouco, trocar, mas não esquecer essa página de enorme tristeza do clube. Fica aqui minha gratidão e carinho à torcida, que eu sempre fiz parte, sempre me apoiou e me deu um suporte surreal no pior momento da minha vida.

Tomo essa decisão sabendo que dei meu máximo e tive o privilégio de vestir essa camisa, agora é focar e me capacitar para ser o melhor profissional possível, para ajudar o clube. Que comece uma nova jornada de felicidade e sucesso. Saudações Rubro Negras!