Mauro Cezar é irônico após anuncio da saída de dirigente do Flamengo

Mauro Cesar em Programa pela Jovem Pan

O comentarista Mauro Cezar Pereira, conhecido por suas análises afiadas no mundo do futebol, usou seu perfil no X, antigo Twitter, para expressar de forma irônica a mudança de Fabinho Soldado do Flamengo para o Corinthians. Cezar Pereira, que já havia cobrado várias vezes uma reformulação no departamento de futebol do Flamengo, comentou a transferência de Fabinho com a frase: “Corinthians dando uma força na esperada reformulação do departamento de futebol do Flamengo​.

O Corinthians anunciou oficialmente a contratação de Fabinho Soldado para o cargo de executivo de futebol. Em nota, o clube paulista declarou: “Corinthians acerta com Fabinho Soldado para o cargo de executivo de futebol. O Sport Club Corinthians Paulista informa a contratação do executivo de futebol Fabinho Soldado. O profissional estava no Flamengo e chegará ao alvinegro nos próximos dias.” Por outro lado, o Flamengo comunicou a saída de Fabinho com a seguinte declaração: “O Clube de Regatas do Flamengo informa que o Gerente de Futebol, Fabinho Soldado, não trabalha mais no clube. O profissional aceitou proposta do Corinthians e já se desligou do Rubro-Negro. O presidente Rodolfo Landim falou sobre o trabalho realizado e desejou sorte no próximo desafio.”​.

Já como executivo de futebol do Corinthians, Fabinho Soldado falou ao site oficial do clube sobre os desafios que enfrentará. Ele enfatizou que suas funções vão além das contratações, incluindo a capacitação e melhoria de todos os departamentos relacionados ao futebol. “É um desafio participar de uma reconstrução do departamento de futebol do Corinthians. Gostaria de deixar claro que as minhas funções não se resumem a contratações, mas também em capacitar e melhorar todos os departamentos dentro do futebol”, disse Fabinho​​​​.

Antes de sua carreira como executivo, Fabinho Soldado teve uma trajetória notável como jogador. Ele atuou em clubes como Ponte Preta, Santos, Internacional e Flamengo, mas foi no Fluminense que se destacou, encerrando sua carreira profissional em 2009, aos 32 anos​​.