Ortiz agita a torcida do Flamengo, Coronado fecha com rival e Braz tenta reverter saída: veja as últimas notícias do Flamengo

Léo Ortiz em ação pelo Red Bull Bragantino (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)

Nas últimas horas, o centro das atenções nas notícias sobre o Flamengo direciona-se aos bastidores do clube, com notáveis como a agitação causada por Ortiz entre os torcedores do Flamengo e os esforços de Braz para reverter a saída.

Por conta deste contexto, leia abaixo um resumo preparado pela equipe do portal Gávea News para lhe manter muito bem informado!

Leia também:

Coronado fecha com rival

Igor Coronado em ação pelo Al Ittihad (Foto: Reprodução/Instagram)

O mercado de transferências no futebol brasileiro tem visto desenvolvimentos significativos, destacando-se a movimentação em torno de Igor Coronado. Inicialmente oferecido ao Flamengo, Coronado acabou assinando um pré-contrato com o Corinthians após o clube carioca decidir não prosseguir com sua contratação. Esse desfecho permitiu ao Corinthians garantir a aquisição do experiente meio-campista de 31 anos, que estava deixando o Al-Ittihad da Arábia Saudita. A chegada de Coronado ao futebol brasileiro gera expectativas elevadas sobre seu impacto no clube paulista, evidenciando a dinâmica agitada do mercado.

A transição de Coronado para o Corinthians foi facilitada pela sua rescisão de contrato com o Al-Ittihad, permitindo que ele se juntasse ao clube brasileiro como agente livre. A diretoria do Corinthians agiu com agilidade para concretizar a contratação, finalizando os detalhes antes mesmo da rescisão oficial do jogador. Coronado assinou um contrato de dois anos com o clube, até dezembro de 2025, e é esperado no Brasil para realizar exames médicos e formalizar sua adesão ao elenco alvinegro. Essa contratação reflete a estratégia do Corinthians de fortalecer seu plantel com jogadores experientes e demonstra a proatividade da diretoria nas negociações.

Enquanto o Corinthians celebrava a chegada de Coronado, o Flamengo decidiu reforçar seu meio de campo com a contratação de Nicolás de la Cruz do River Plate, consolidando um elenco já robusto com onze meio-campistas. A decisão do Flamengo de não avançar na contratação de Coronado e optar por outro jogador destaca a competitividade e as estratégias distintas no mercado de transferências. A trajetória internacional de Coronado, com passagens por diversos clubes ao redor do mundo, sugere que ele trará uma riqueza de experiência ao Corinthians, enquanto o Flamengo busca manter sua força competitiva com outras adições ao seu elenco.

Ortiz agita a torcida do Flamengo

Léo Ortiz com a camisa do Red Bull Bragantino – Marcello Zambrana/AGIF (Marcello Zambrana/AGIF)

A possível transferência de Léo Ortiz, zagueiro do Red Bull Bragantino e jogador da seleção brasileira, para o Flamengo tem gerado muita especulação. O interesse do Flamengo no jogador é parte de um esforço para fortalecer sua defesa, especialmente após as saídas de Rodrigo Caio e Pablo. As negociações têm sido descritas como complexas, com o Flamengo buscando ajustar o valor de compra proposto pelo Bragantino, de 8,5 milhões de euros, para algo em torno de 6,5 milhões de euros. A situação é acompanhada de perto pelos torcedores, especialmente após Ortiz postar uma mensagem enigmática em suas redes sociais, interpretada por muitos como um indicativo de sua transferência iminente.

Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, caracterizou as negociações como responsáveis e transparentes, apesar dos altos valores envolvidos. Braz enfatizou a importância da paciência no processo de negociação, reconhecendo as complexidades do mercado de transferências e a diferença entre as valorações dos clubes sobre o jogador. A janela de transferências ainda está aberta, e o Flamengo continua buscando reforçar seu elenco para a temporada de 2024, apesar dos desafios nas negociações com o Red Bull Bragantino.

Além da saga de transferência, há mudanças significativas na equipe técnica do Flamengo, com a saída de Juan, gerente técnico do clube, para um cargo na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Essa vaga havia sido inicialmente oferecida a Filipe Luís, que optou por recusar para continuar sua carreira como treinador da equipe sub-17 do Flamengo. Essas movimentações refletem as dinâmicas internas do clube e sua adaptação tanto no campo quanto fora dele, preparando-se para os desafios da temporada de 2024.

Braz tenta reverter saída

Marcos Braz durante uma coletiva de imprensa no Ninho do Urubu (Foto: Reprodução/Flamengo)

Na última quinta-feira, foi anunciado que Juan, até então gerente técnico do Flamengo, está de saída do clube para assumir uma posição na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A vaga na CBF, inicialmente oferecida a Filipe Luís, também ex-jogador do Flamengo, foi recusada por este, que optou por seguir sua carreira como treinador do time sub-17 do Flamengo, levando a escolha de Juan para o cargo.

A CBF, antes de formalizar a oferta a Juan, buscou a autorização de Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, demonstrando respeito à hierarquia do clube. Contudo, a saída de Juan ainda não foi confirmada oficialmente pelo Flamengo, cujos dirigentes, representados por Marcos Braz, expressaram o desejo de reter o profissional na equipe.

A contratação de Juan pela CBF foi uma iniciativa de Dorival Júnior, ex-técnico do Flamengo e agora treinador da Seleção Brasileira. Este movimento gerou certo desconforto entre os dirigentes do Flamengo, especialmente pela maneira como a negociação foi conduzida diretamente com Juan, refletindo as complexas dinâmicas entre clubes e a entidade que governa o futebol brasileiro.