Léo Ortiz vai jogar no Flamengo?

Léo Ortiz em ação pelo Red Bull Bragantino (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)

As negociações entre o Flamengo e o Red Bull Bragantino em torno do zagueiro Léo Ortiz vêm se arrastando desde o começo do ano, marcadas por dificuldades e uma falta de avanço significativo. O interesse do Flamengo no defensor é claro, refletido na proposta de 5,5 milhões de euros apresentada pelo jogador. Entretanto, essa oferta não atingiu as expectativas do Bragantino, que vê Ortiz como um elemento crucial de sua estrutura defensiva, o que tornou o clube relutante em facilitar a transferência.

O Massa Bruta tem se mantido firme na sua posição, buscando uma compensação financeira mais substancial para considerar a liberação de Ortiz. Essa postura reflete o valor que o clube atribui ao jogador dentro de seu elenco, sinalizando que qualquer acordo dependerá de uma melhoria significativa na oferta inicial do Flamengo.

Leia também:

A cobertura da negociação, acompanhada pelo jornalista Fred Gomes, sugere um otimismo de que um acordo ainda possa ser alcançado. Ambos os clubes aparentam ter um entendimento mútuo sobre a importância do jogador, porém, uma fonte ligada ao Flamengo indicou que as negociações estão em um impasse, com poucas novidades que indiquem uma resolução iminente.

Apesar dos obstáculos, ainda existe a esperança de que as negociações entre Flamengo e Bragantino possam encontrar um caminho para a conclusão. A situação atual, no entanto, mostra que a transferência de Léo Ortiz para o Flamengo é complexa e incerta, com ambos os clubes avaliando cuidadosamente seus interesses e o valor do jogador em questão. O desfecho dessa negociação continua a ser uma questão em aberto, aguardando novos desenvolvimentos que possam finalmente selar o futuro do zagueiro.

Carreira de Léo Ortiz

Léo Ortiz iniciou sua trajetória no futebol profissional no Internacional, clube pelo qual foi promovido ao elenco principal em 2017. Após destacar-se, foi emprestado ao Sport em 2018, onde teve atuações significativas e até assumiu a faixa de capitão em determinadas partidas.

Em 2019, transferiu-se para o Red Bull Bragantino, inicialmente por empréstimo, e logo depois foi contratado em definitivo. No Bragantino, assumiu um papel de liderança como capitão e foi peça chave em diversas campanhas do clube, incluindo o título da Série B de 2019, que marcou o retorno da equipe à elite do futebol brasileiro​​​​​​.