Ídolo do Manchester United no radar do Barcelona

Escudos de Barcelona e Manchester United (Foto: Reprodução)

O Barcelona está avaliando a possibilidade de contratar o ex-goleiro do Manchester United, David de Gea, como uma opção para fortalecer a posição de goleiro do clube. De Gea, que atualmente está sem clube desde o final da última temporada, desperta interesse devido à sua experiência e habilidade no gol.

Aos 33 anos, De Gea tem sido alvo de diversos clubes, tanto na Inglaterra quanto na Arábia Saudita, mas parece mostrar preferência por permanecer na Espanha para a próxima fase de sua carreira. Esta inclinação tem atraído a atenção do Barcelona, que busca reforçar seu elenco com uma solução financeiramente viável.

Leia também:

Considerando as restrições financeiras do clube catalão, a contratação de De Gea como agente livre poderia ser uma solução econômica e estratégica para melhorar suas opções de goleiro. Além disso, sua experiência e qualidade seriam valiosas para o elenco do Barcelona.

De Gea e Casemiro durante jogo do Manchester United (Foto: Reprodução/Instagram)

Caso a transferência se concretize, é especulado que De Gea atuaria como reserva de Marc-Andre ter Stegen, atual titular da posição de goleiro do Barcelona. Essa movimentação poderia fornecer ao clube uma sólida dupla de goleiros, garantindo segurança e profundidade para a temporada.

Carreira

David de Gea começou sua carreira no Atlético de Madrid, onde foi promovido ao time principal após se destacar nas categorias de base. Sua estreia aconteceu em uma partida da Liga dos Campeões contra o Porto, em 2009, com apenas 18 anos. Ainda jovem, ele rapidamente se firmou como o goleiro titular do Atlético, contribuindo significativamente para a conquista da UEFA Europa League e da Supercopa da UEFA em 2010. Essas atuações despertaram o interesse do Manchester United, que o contratou em 2011​​​​.

No Manchester United, De Gea desenvolveu-se para se tornar um dos melhores goleiros do mundo, fazendo mais de 500 aparições pelo clube ao longo de 12 anos. Durante sua estadia, ele ajudou o United a conquistar uma série de títulos, incluindo a Premier League, uma FA Cup, duas League Cups, três Community Shields e uma UEFA Europa League. Além disso, foi nomeado o Jogador do Ano do Sir Matt Busby em quatro ocasiões, um testemunho de sua importância e contribuição para o time. Sua saída do United em 2023 marcou o fim de uma era significativa para o clube e para o jogador, que se despediu com recordes de partidas jogadas por um goleiro e o maior número de jogos sem sofrer gols na história do clube​​.