Flamengo acerta a contratação de Léo Ortiz

Léo Ortiz em ação pelo Red Bull Bragantino (Foto: Reprodução/Instagram)

A chegada de Léo Ortiz ao Flamengo marca um dos momentos mais significativos da janela de transferências de 2024. Após um processo negocial intenso, que se estendeu por várias semanas, Flamengo e Ortiz finalmente chegaram a um acordo, culminando com a transferência do zagueiro para o time carioca. Este processo foi marcado por detalhadas negociações sobre o valor de transferência e a forma de pagamento, com o Flamengo comprometendo-se a desembolsar mais de 8 milhões de euros pelo atleta, o valor exato ainda não foi revelado.

Ortiz, aos 28 anos, expressou seu desejo de se juntar ao Flamengo já no ano passado, evidenciando não apenas sua vontade de vestir a camisa rubro-negra, mas também sua disposição em facilitar o acordo, abdicando de sua parte nos direitos de transferência. Tal atitude demonstra não só o desejo do jogador em fazer parte do projeto do Flamengo, mas também sua dedicação e comprometimento com a nova fase de sua carreira.

Leia também:

Léo Ortiz em ação pelo Red Bull Bragantino (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)

Por outro lado, a paciência e a estratégia do Flamengo durante as negociações foram essenciais. A equipe carioca estabeleceu o dia 7 de março como prazo final para a inscrição do jogador, mantendo-se firme em suas negociações e buscando sempre o melhor acordo possível. A diretoria do Flamengo, juntamente com o empresário de Ortiz, Paulo Pitombeira, desempenhou um papel crucial nas negociações, mostrando habilidade e determinação para concretizar a transferência.

Este movimento estratégico do Flamengo sinaliza não apenas a busca por reforços de alto nível, mas também a intenção de manter-se competitivo nas diversas competições que disputará. A chega de Ortiz foi um dos pedidos realizados pelo técnico Tite.

Carreira de Léo Ortiz

Léo Ortiz iniciou sua carreira profissional no Internacional, após ser promovido ao time principal em janeiro de 2017. Ele fez sua estreia em fevereiro do mesmo ano, mostrando-se um jogador promissor desde o começo. Durante sua passagem pelo clube, teve momentos de destaque que contribuíram para o retorno do time à Série A do Brasileirão após um breve período na Série B. Ortiz defendeu o Internacional em 31 partidas antes de ser emprestado ao Sport Recife em 2018, onde continuou a se destacar, atuando em 17 jogos e marcando um gol durante seu tempo no clube​​.

A próxima etapa de sua carreira foi marcada pela transferência para o Red Bull Bragantino, inicialmente por empréstimo em 2019 e posteriormente de forma definitiva. Sua influência no clube foi imediata, ajudando o Bragantino a conquistar o título da Série B em 2019 e garantindo o acesso à elite do futebol brasileiro. Como capitão, Ortiz se tornou um dos líderes do time, demonstrando tanto habilidade defensiva quanto capacidade de contribuir emocionalmente com o restante do time.

Sua performance consistente no Bragantino lhe rendeu uma convocação para a Seleção Brasileira em 2021, para a Copa América, onde ele se tornou o primeiro jogador do clube a ser convocado para a seleção desde a aquisição pela Red Bull. Este feito destacou não apenas seu desenvolvimento individual como jogador, mas também o crescente reconhecimento do Bragantino no cenário nacional​​.

Léo Ortiz durante treinamento do Brasil (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Além dos sucessos em clubes, Léo Ortiz também conquistou reconhecimento individual, sendo eleito o melhor zagueiro do Brasil em 2021. Este prêmio atesta sua qualidade defensiva, liderança em campo e contribuições significativas tanto para seus clubes quanto para a seleção nacional. Essa trajetória destaca não apenas seu crescimento como jogador profissional, mas também sua importância no cenário do futebol brasileiro​​.

Ao longo de sua carreira, Ortiz se estabeleceu como um defensor confiável e um líder em campo, com passagens importantes por Internacional, Sport Recife e Red Bull Bragantino. Sua habilidade em contribuir tanto defensivamente quanto ofensivamente, juntamente com a capacidade de liderança, faz dele um jogador destacado no futebol brasileiro.