Brasileirão série A: técnico Cuca está próximo de fechar com o seu novo time

Cuca durante um programa do SporTV (Foto: Reprodução/SporTV)

O futebol brasileiro está diante de um movimento significativo no comando técnico do Athletico-PR. Após a demissão de Juan Carlos Osorio, juntamente com os auxiliares técnicos John Mario Arango e Francisco Yony Londoño, o clube paranaense voltou seus olhos para um nome conhecido e controverso: Cuca. As negociações para que Cuca assuma o comando técnico do Furacão avançaram rapidamente, com expectativas de um anúncio oficial já nesta segunda-feira (4).

Cuca, figura conhecida no cenário nacional e internacional do futebol, esteve no centro de polêmicas no passado, especialmente ligadas a uma condenação por estupro na Suíça em 1987, durante uma excursão do Grêmio. Esta situação culminou em sua saída do Corinthians no ano passado, após apenas dois jogos no comando, em meio a fortes pressões por parte da torcida. Desde então, Cuca não dirigiu mais nenhuma equipe.

Leia também:

O início de 2024 trouxe novidades para o técnico, com a anulação da sentença de condenação por estupro pela Justiça, devido a uma falha na condução jurídica do processo. Esta reviravolta jurídica renovou as possibilidades profissionais para Cuca, abrindo caminho para sua possível contratação pelo Athletico-PR, um clube pelo qual ele tem afeição pessoal, sendo morador de Curitiba e declarado torcedor do Furacão.

O interesse do Athletico em Cuca não é novidade, tendo o técnico sido sondado anteriormente, especialmente considerando o ano do centenário do clube como um momento propício para sua liderança. A negociação, amplamente discutida nas mídias esportivas, gerou reações divididas entre os torcedores, com manifestações tanto a favor quanto contrárias à sua contratação, refletindo o cenário complexo que envolve a figura do técnico.

O desafio que espera Cuca no Athletico é considerável. O clube enfrenta um momento decisivo no Campeonato Paranaense, após a derrota para o Londrina. Além disso, há as competições da Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana pela frente, em um ano marcante para o clube devido ao seu centenário.

A decisão sobre sua contratação não apenas definirá o comando técnico do clube no curto prazo, mas também poderá influenciar a relação entre a equipe e sua base de torcedores, especialmente considerando o passado polêmico do técnico e a paixão que ele compartilha pelo Furacão.