Mansão investigada pela Polícia Civil e Ministério Público, já foi propriedade de ex-jogador do Flamengo

Emerson Sheik durante treino do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

A investigação sobre lavagem de dinheiro que envolve a “Casa de Vidro”, imóvel anteriormente pertencente ao bicheiro Bernardo Bello, trouxe à tona um esquema complexo. Atualmente alugado pelo volante do Flamengo, Erick Pulgar, o imóvel luxuoso chamou a atenção das autoridades em 2020 durante uma operação que visava outro caso, resultando em uma investigação sobre os ativos de Bello. “Ao cumprir um mandado de busca e apreensão por conta da investigação de um atentado contra Shanna Garcia, ex-cunhada de Bello, a equipe do MP-RJ se deparou com uma residência extremamente luxuosa, absolutamente incompatível com a renda por ele declarada”, dizia a nota do MP-RJ.

Essa investigação subsequente revelou transações questionáveis envolvendo a propriedade e o ex-jogador Emerson Sheik. MP e polícia concluíram que houve lavagem de dinheiro na negociação de venda do imóvel a Bernardo Bello. O proprietário anterior da mansão era Emerson Sheik. Em 2013 e 2014, Sheik recebeu R$ 473 mil em depósitos bancários de Bello, além de um outro imóvel em permuta, pela ‘Casa de Vidro’. Tal descoberta levou a denúncias formais contra Sheik, acusado de colaborar com Bello para ocultar origens ilícitas de dinheiro, provenientes, principalmente, de jogos de azar e máquinas caça-níqueis.

Leia também:

Emerson Sheik em ação pelo Flamengo (Foto: Luciano Belford/Frame/Estadão Conteúdo)

Além do cenário jurídico conturbado, a “Casa de Vidro” se destaca por sua estrutura e valor. Avaliada em R$ 10 milhões, a mansão conta com uma série de comodidades de luxo. Entre elas, piscina, academia particular, campo de futebol society e muitas obras de arte, entre elas dois leões de bronze comprados num antiquário de Nova York, por US$ 7 mil.

Outro ponto de interesse é o contrato de aluguel de Erick Pulgar. De acordo com a polícia, Pulgar paga R$ 70 mil por mês à ex-mulher de Bello, Tamara Garcia (irmã de Shanna) pelo aluguel da ‘Casa de Vidro’, que tem esse apelido devido à sua fachada espelhada e blindada. Este contrato levanta questões, especialmente por exigir pagamentos em dinheiro vivo e pelo contexto legal envolvendo o bloqueio de bens de Bello.

A investigação se estende para entender a capacidade legal de Tamara Garcia em alugar o imóvel, considerando as medidas judiciais contra Bello. O cenário legal e financeiro em torno da “Casa de Vidro” continua evoluindo, com as autoridades buscando esclarecer as camadas de transações e propriedade que cercam este caso notável de lavagem de dinheiro no futebol.

Quando vai ser o próximo jogo do Flamengo?

O Flamengo enfrentará o Fluminense no próximo sábado (09), pela semifinal do Campeonato Carioca. A partida ocorrerá no Maracanã, no Rio de Janeiro, com início às 21h (horário de Brasília). A partida terá transmissão da Band (TV aberta), Band Sports (TV fechada), Canal Goat (Youtube).

Confira abaixo a agenda do Flamengo:

02/03 – Flamengo 3 x 0 Madureira
09/03 – Fluminense x Flamengo
17/03 – Flamengo x Fluminense