Diretoria pode romper contrato com Gabigol, Gerson ameaçado de suspensão e Paquetá se declara ao Flamengo: veja as últimas notícias do Flamengo

Gabigol em jogo do Flamengo contra o Al Hilal no Mundial de Clubes 2023 (Foto: James Williamson - AMA/Getty Images)

Nas últimas horas, o foco das notícias sobre o Flamengo se concentra nos bastidores do clube, incluindo a declaração de amor de Paquetá ao Flamengo e a possibilidade de a diretoria romper o contrato com Gabigol.

Por conta deste contexto, leia abaixo um resumo preparado pela equipe do portal Gávea News para lhe manter muito bem informado!

Leia também:

Gerson ameaçado de suspensão no futebol

Gerson em atuação do Flamengo contra o Botafogo (Foto: Marcelo Cortes/ Flamengo)

O meio-campista Gerson, do Flamengo, está em uma situação complicada após um litígio com o empresário Federico Pastorello, que começou em 2020. A Câmara Nacional de Resolução de Litígio (CNRD) decidiu contra Gerson, afirmando que ele rescindiu seu contrato com Pastorello sem justa causa. Como resultado, Gerson foi ordenado a pagar uma quantia significativa ao empresário, o que tem potencial para afetar negativamente sua carreira e o desempenho do Flamengo.

Enquanto Gerson está afastado dos campos devido a uma cirurgia para tratar uma infecção urinária, ele enfrenta o prazo até 3 de abril para quitar uma dívida de R$ 1,5 milhão com Pastorello. O não cumprimento desse pagamento pode levar à suspensão do jogador. O conflito teve origem quando Marcão Silva, pai de Gerson, questionou a validade do contrato de representação com a empresa de Pastorello, alegando falta de licença do empresário para atuar no Brasil.

A disputa se intensificou quando a P&P Sport Management, de Pastorello, exigiu a validação do contrato e participação em futuras negociações, apesar das alegações de Marcão. A decisão da CNRD, focada na questão da licença de Pastorello para atuar no Brasil, reforça a obrigação de Gerson de pagar a quantia devida, destacando as complexidades legais e as consequências potenciais para sua carreira e para o Flamengo.

Paquetá se declara ao Flamengo

Lucas Paquetá em jogo do Flamengo (Foto: Marcelo de Jesus)

Lucas Paquetá, atualmente brilhando no West Ham, retornou à seleção brasileira, destacando-se como um dos principais jogadores brasileiros no cenário internacional. Antes de um jogo empolgante que terminou em 3 a 3 entre Brasil e Espanha, Paquetá concedeu uma entrevista ao canal “Desimpedidos” no Youtube. Durante esta entrevista, expressou sua ligação emocional com o Flamengo, seu clube do coração no Brasil, insinuando que apenas retornaria ao país para jogar no Flamengo, a menos que o clube não o quisesse mais.

Em sua entrevista, Paquetá também discutiu as diferenças entre o futebol brasileiro e o inglês, citando a qualidade dos gramados como um fator significativo que influencia o ritmo do jogo. Ele sugere que melhores condições dos gramados no Brasil poderiam aproximar a velocidade do jogo àquela encontrada na Inglaterra, onde atualmente joga pelo West Ham. Essa perspectiva oferece um olhar interessante sobre como as condições locais podem afetar o estilo e a qualidade do futebol praticado.

Além disso, no recente confronto entre Brasil e Espanha, Paquetá provou ser um elemento chave para a seleção brasileira ao marcar o gol de empate, garantindo um resultado de 3 a 3 no Santiago Bernabéu. Sua atuação não apenas sublinha sua importância como jogador no cenário internacional, mas também reforça sua contribuição vital para a seleção brasileira, reafirmando seu status como um dos atletas mais destacados do Brasil atualmente.

Diretoria pode romper contrato com Gabigol

Gabigol em ação pelo Flamengo no Maracanã (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo enfrenta um dilema com um dos seus principais jogadores, Gabigol, devido a uma cláusula contratual que permite a rescisão unilateral do contrato em caso de danos à imagem do clube, incluindo episódios de doping. A situação do atacante é complicada por um exame antidoping realizado em 2023, que, se comprovado fraudulento, poderia justificar tal rescisão. Apesar disso, o clube tem adotado uma postura defensiva, buscando meios de absolver Gabigol das acusações, sem mostrar interesse imediato na rescisão do contrato que se encerra no final de 2024.

A inserção de cláusulas para proteger a imagem do Flamengo começou em 2010, após o caso envolvendo o goleiro Bruno. A prática visa prevenir danos reputacionais causados por comportamentos inadequados de atletas. Um caso notável foi o de Paolo Guerrero, que após um teste positivo para cocaína, teve seu contrato com o Flamengo questionado sob os mesmos termos. Embora o clube tenha buscado reaver valores pagos ao atleta, enfrentou dificuldades legais, evidenciando os desafios dessas cláusulas de proteção à imagem.

Atualmente, o Flamengo se encontra entre apoiar Gabigol na luta pela inocência e considerar ações mais severas, dependendo dos resultados das investigações sobre o doping. Essa decisão não só afeta a carreira do jogador mas também a imagem do clube, destacando a importância de cláusulas contratuais que salvaguardam a instituição contra possíveis comportamentos prejudiciais de seus atletas.