Conmebol convoca reunião com presidentes do Flamengo e do River Plate para discutir sobre final única da Copa Libertadores da América

Taça da Copa Libertadores da América (Foto: Divulgação/Conmebol)

A Conmebol anunciou hoje que realizará uma reunião com as partes envolvidas na final da Copa Libertadores da América 2019 para “revisar todos os aspectos da organização” da partida, marcada para 23 de novembro em Santiago (Chile).

A reunião acontecerá amanhã e deverá contar com os presidentes do Flamengo, Rodolfo Landim, e do River Plate (Argentina), Rodolfo d’Onofrio, os dois clubes finalistas do torneio. Os presidentes das entidades máximas do futebol do Brasil, da Argentina e do Chile também foram convidados.

Leia também:

A Conmebol anunciou o Estádio Nacional do Chile, em Santiago, como palco da partida. Pela primeira vez na história, a Copa Libertadores será decidida em jogo único, realizado em local pré-definido.

No entanto, os protestos sociais recentes no Chile colocaram em xeque a realização do jogo entre Flamengo e River Plate. O país abriu mão de sediar a cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec) e a 25ª edição da Convenção-Quadro sobre a Mudança Climática da ONU (COP25), que aconteceriam em dezembro.

Retirado de: UOL