Atacante do Flamengo, Pedro entra na justiça e cobra dívida milionária do Fluminense

Pedro, hoje no Flamengo, entrou na última quarta-feira com processo contra o Fluminense na Justiça. O portal ‘Lance’ teve acesso ao caso. O jogador cobra uma dívida milionária de seu ex-clube, no valor de R$ 2.240.257,08.

O caso foi distribuído para a 14ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1), que é comandada pelo juiz Marco Antonio Belchior da Silveira.



Dentre outros pontos, Pedro cobra do Fluminense valores referentes a férias proporcionais, verbas rescisórias e Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

A grave lesão que sofreu no joelho direito em agosto de 2018 também é pauta do processo, com cobrança de indenização superior a R$ 1 milhão, devido a uma não contratação de seguro – foram juntados aos autos o laudo médico e recibos da cirurgia por conta do acidente de trabalho, a qual é solicitada o reconhecimento em juízo pelo jogador. Outras provas também foram juntadas, como conversas por Whatsapp com dirigentes tricolores.

Tão logo a ação foi ajuizada e distribuída no TRT-1, o primeiro encontro entre Pedro e Fluminense fora de campo havia sido marcado para às 8h40 do próximo dia 5 de maio. Entretanto, o juiz titular da vara, Marco Antonio Belchior da Silveira, antecipou a audiência entre as partes nesta quinta-feira para às 9h35 do dia 24 do mês que vem, readequando a tramitação do caso.

Isto aconteceu devido ao fato de o magistrado ter considerado complexo o caso. Um pedido liminar chegou a ser feito por Pedro, mas será analisado somente após a primeira audiência, dando ao Fluminense o direito ao contraditório em defesa. Neste primeiro encontro, inclusive, há a possibilidade de ser feita uma tentativa de conciliação. O ‘Lance’ tentou contato com os advogados das partes, mas não obteve retorno até esta publicação.

No segundo semestre de 2019, Pedro foi vendido pelo Fluminense para a Fiorentina, da Itália. O Tricolor das Laranjeiras recebeu R$ 36 milhões pela venda, permanecendo com 20% dos direitos do atacante. No início deste ano, o jogador, de 22 anos, foi emprestado pelos italianos ao Flamengo – e com pouco tempo já agradou os torcedores do Rubro-Negro por conta dos gols já marcados.

Retirado de: Lance

28 COMENTÁRIOS

  1. COBRAR O QUE É DE DIREITO.SENAO QUANDO PARAR DE JOGAR FUTEBOL. A GRANA NÃO ENTRA MAIS. AÍ MUITOS FICAM A MINGUA. TEM QUE SER BEM ORIENTADOS.

  2. ...
  3. Espero que o Flamengo realnente pague aos seus jogadores quando sair e também o seu treinador aquilo que realmente diz nas verbas rescisórias,pra não precisar apelar a tribunais de justiça .

  4. Direitos trabalhistas devem ser cobrados e pagos pelo Empregador, nada mais justo do que o Pedro cobrar na justiça!!!
    Manias bestas do deixa pra lá é o que mais causa falta de compromissos dos Empregadores com seus empregados!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here