Chefe do departamento médico do Flamengo, Márcio Tannure enaltece força-tarefa do rubro-negro: ‘Estamos um passo à frente dos outros’

O Flamengo, enquanto aguarda definições para oficializar férias coletivas até o dia 21 de abril, realizou uma força-tarefa para amenizar os efeitos físicos de seus atletas em tempos de quarentena. Para isso, equipamentos do Ninho do Urubu foram enviados para os jogadores em suas respectivas casas, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista à FLA TV, o chefe do departamento médico do Fla, Márcio Tannure, destacou a importância do isolamento social, além de explicar com mais detalhes sobre os treinos funcionais, enchendo a bola do clube:

“Foram estratégias utilizadas para minimizar a perda. O mais importante é a saúde e o isolamento social. Na verdade, a gente quer que ele possam se exercitar durante esse período”, disse, completando:

“Passamos séries parecidas com a que trabalhamos no dia a dia, trabalhos funcionais. O nosso trabalho voltado para o funcional é para melhorar a mobilidade e a qualidade do movimento dos nossos atletas, o que é muito diferente de fazer musculação nas máquinas (convencionais). Hoje, eles têm a possibilidade de estarem próximos da rotina. Cada um recebeu um cartilha com todos os cuidados. O objetivo é minimizar os problemas disso (paralisação), tentar atenuar, sabendo que não é uma exclusividade do Flamengo. Acho que o Flamengo está até um passo à frente dos outros, dentro do que temos criado para eles, mas tem sido uma dificuldade para todos. Seria leviano eu falar que daria o mesmo resultado se ele estivessem treinando com a gente, no Ninho do Urubu. É óbvio que não”, completou o médico.

Os atletas também têm utilizado um aplicativo para ciência de intensidade e para que possam externar os seus rendimentos aos profissionais interessados (entenda melhor aqui). Quanto aos equipamentos entregues, há variações, mas a base dos kits entregues possui os seguintes itens: bicicleta, colchonete, mini band, kettlebell, TRX, banco, halteres, anilhas e barra.

‘É o único no Brasil que consegue’

Mário Monteiro, preparador físico do clube e que é conterrâneo e chegou com Jorge Jesus, foi outro que conversou com a mídia oficial do clube no YouTube e enalteceu o esforço do Flamengo em prol das “academias particulares”.

“Penso que o Flamengo é o único clube no Brasil que consegue dar essas condições a todos os atletas, e isso é um grande elogio que eu tenho a fazer”, disse o preparador português, que se emocionou, ao fim da entrevista, e também afirmou que a planilha de exercícios foi enviada assim que houve a paralisação e a orientação de quarentena.

Retirado de: Lance

5 COMENTÁRIOS

  1. Me orgulha ler algo disso. O trabalho profissional da equipe médica, física, clube, comissão, e principalmente atletas que se dedicam

    • É interessante que está havendo um interesse coletivo de todos os setores do clube, um engajamento total para que as ações sejam postas em práticas de forma coordenada… Isso demonstra o profissionalismo com que o Flamengo tem alcançado seus méritos. Parabéns ao Clube de Regatas Flamengo!!! Foi com certeza uma das melhores escolhas que eu fiz em 1975 aos 6 anos de idade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here