Venda de ingressos para Flamengo e Defensa y Justicia segue tímida

8
Estádio Mané Garrincha (Foto: Reprodução/Agência Brasília)

A venda de ingressos para o jogo entre Flamengo e Defensa y Justicia, no Mané Garrincha, em Brasília, segue tímida após a abertura das bilheterias nesta terça-feira.

Tanto no Rio como na capital federal o movimento foi pequeno de torcedores. Segundo os organizadores, dos 18 mil ingressos colocados à venda no sábado, nem metade saiu. De acordo com o “UOL”, apenas 5 mil ingressos foram vendidos até o começo da tarde.

O Flamengo atribui a baixa procura a necessidade de realização de exames PCR com 48 horas de antecedência em relação a data do jogo, que será nesta quarta-feira.

Fora o custo dos ingressos, que variam entre R$ 140 e R$ 500, sem contar o que é gasto com passagem e em consumo no dia do jogo.

Os sócios-torcedores que aderiram ao Plano Maracanã para a Libertadores terão isenção no valor e a compra facilitada. Todas as demais categorias precisarão desembolsar algum valor.

Retirado de: O Globo

8 COMENTÁRIOS

  1. 140,00+EXAME+VIAGEM+CONSUMO+PANDEMIA
    Desanima o torcedor, eu sou fanático pelo Flamengo, gasto sem pena pra ver o Mengão jogar, mas VIDA eu só tenho uma, então eu passo

  2. Ingressos caros e exigência de exame tem influência sim, porém, também temos que considerar a insegurança da população com relação a Covid-19 e, às novas variantes do Sars-cov-2 que estão surgindo. Sabemos que às vacinas não cumpriram todas às etapas de desenvolvimento, que não existe certeza da validade das vacinas, que os efeitos colaterais futuros são desconhecidos, que ainda estamos longe de uma imunização verdadeira e completa… Será que é o momento certo para a volta do público aos estádios? Para mim não. Não posso deixar de registrar que, às autoridades, não tinham alternativa, algo tinha que ser feito. Pra cima do Defensa y Justicia logo mais. Avante Flamengo.

  3. O que atrapalhou além dos valores é que em Brasília a vacinação está muito atrasada comparando com o Rio de janeiro, pois ainda não chegaram aos que tem 40 anos .

  4. É o contexto da crise que a pandemia trouxe, faltam condições financeira e sanitário para o retorno a normalidade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here