Tite quebra silêncio sobre racismo contra Vinícius Junior, do Real Madrid

0
Tite, técnico da Seleção Brasileira, em entrevista coletiva (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Nesta quarta-feira (21), após o treino da seleção brasileira no Stade Océane, em Le Havre, na França, o técnico Tite se pronunciou pela primeira vez sobre o recente caso de racismo envolvendo o atacante Vinicius Jr., do Real Madrid. E o comandante quebrou o protocolo e leu uma ‘carta’, escrita por ele e pela comissão técnica, em apoio ao atleta.

Durante entrevista coletiva, o treinador foi questionado sobre o caso envolvendo Vini Jr. e, ao invés de dar uma resposta, leu a nota, e começou dizendo, em mensagem direcionada também aos demais jogadores da Amarelinha.

“Demorei a me manifestar publicamente. Eu não tenho por hábito e só o fiz depois que tive consenso de toda comissão técnica da seleção brasileira. E ela é sempre respeitosa ao adversário. É de Vini, e não só o Vini, mas para todos os atletas: ‘Vini e todos os atletas, que vocês sigam levando seu talento e arte para aqueles que amam o futebol. Drible, dance, brilhe e siga sendo você e sua essência, sempre”.

“Essa é a essência. Ela é da alegria, da vibração, da comemoração. E eu mostrei o jogo contra o Chile, no Maracanã. Eles fizeram a dancinha juntos e não há desprezo contra o adversário. Não há. Quando teve o gol lá contra a Bolívia, teve a ‘dança do Pombo’. Eu sei quando é de provocação e quando é um ato bonito, de alegria. Que eles sigam sendo alegres como são”, complementou.

Tite é apenas mais um dos integrantes da seleção brasileira a demonstrarem apoio ao atacante do Real Madrid, desde a semana passada, quando Vini Jr. foi vítima de racismo por Pedro Bravo, presidente da Associações de Agentes Espanhóis.

No último domingo (18), antes do Dérbi contra o Atlético de Madrid, por LaLiga, o ex-Flamengo também foi alvo de atos racistas, desta vez por parte da torcida colchonera, que entoou cânticos de cunho racista, e que serão denunciados por LaLiga.

Na próxima sexta-feira (23), Vinicius Jr. será titular da seleção brasileira em amistoso contra Gana, em Le Havre, conforme também confirmou Tite, durante a coletiva desta quarta.

Retirado de: ESPN