Torcida do Flamengo exalta contrato fechado pela diretoria: “Maior negócio da história do futebol brasileiro”

Pablo Marí em ação pelo Monza, da Itália (Foto: Divulgação/Monza)

Contratado em 2019, Pablo Marí continua dando lucros ao Flamengo mesmo anos após seu retorno à Europa. O zagueiro atualmente pertence ao Arsenal e está emprestado ao Monza, que deve exercer a compra do atleta.

O contrato de cessão firmado entre ingleses e italianos prevê a obrigatoriedade de compra caso o Monza termine a temporada fora da zona de rebaixamento do campeonato nacional.

Leia também:

A competição está próxima do fim e o clube está 15 pontos à frente do primeiro rebaixado. Sendo assim, o Monza terá que pagar os 5 milhões de euros fixados no contrato.

O Flamengo detém 40% dos direitos do atleta e receberá 2 milhões de euros na operação. Convertendo o valor, serão pouco mais de R$ 11 milhões a serem repassados.

O fato de que o Flamengo continua lucrando sobre Pablo Marí mesmo após todos estes anos foi celebrado pelos torcedores. Em uma publicação do Paparazzo Rubro-Negro sobre o tema, diversos internautas elogiaram o Mais Querido manter parte dos direitos do atleta.

Veja as reações: