Comentarista do Grupo Globo vira motivo de polêmica em Flamengo x Fluminense

Jogadores do Flamengo comemoram gol, diante de um abatido goleiro Fábio (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Banner Stake

A marcação de pênalti para o Flamengo no clássico contra o Fluminense foi uma decisão que gerou polêmica em meio à mídia. O lance dividiu opiniões, sem conseguir um consenso sobre a postura da arbitragem.

Arnaldo Ribeiro discordou da opinião de Paulo Cesar de Oliveira sobre a marcação. O comentarista se manifestou no Twitter sobre o assunto, detonando o ex-árbitro.

“Sério. Se o PC (de Oliveira) fala ‘A’, dá para concluir que é ‘B’”.
“Em vez de legitimar o pênalti, acaba condenando o pênalti”.

Entenda o caso

Escalado para a transmissão do duelo, PC de Oliveira comentou sobre a decisão da arbitragem. Após o clássico Fla-Flu, ele teve sua opinião sobre o lance repercutida no programa “Troca de Passes”, do SporTV.

O ex-árbitro afirma que o impacto de Bruno Henrique em Calegari não tem o mesmo peso na jogada quanto o tropeço do atacante rubro-negro no adversário. Isso porque o atleta do Fluminense, em sua opinião, já estaria se desequilibrando antes do encontro com BH.

“O lance mais discutível da rodada, em jogo apitado pelo Rafael Klein (…) o Calegari tem movimentação em direção à linha lateral e ele acaba surpreendido pelo Bruno Henrique, que corta caminho e antecipa a ação”

“Tem uma ação do Calegari com o braço no Bruno Henrique. O Bruno Henrique usa o braço esquerdo, na minha avaliação, em ações dos jogadores que são contato de jogo”.

“Os dois disputam espaço, não vejo como carga suficiente para infração. É motivada muito mais pelo Calegari, que perde um pouco a direção da bola. Ele busca o equilíbrio por ter perdido o tempo da bola”.

A penalidade em questão foi convertida por Pedro. O gol sacramentou a vitória do Flamengo no duelo, mantendo o clube na liderança da tabela do Campeonato Brasileiro.