A declaração de Carille sobre a ‘negociação’ com o Corinthians

Fábio Carille durante treino do Santos (Foto: Divulgação/Santos)
Banner Stake

Carille foi cogitado no Timão após demissão de António Oliveira

Na última segunda-feira, Fábio Carille, técnico do Santos, abordou publicamente os boatos que o ligavam ao comando do Corinthians. Embora o clube paulista esteja próximo de um acordo com Ramon Díaz, ainda não houve uma confirmação oficial.

Recentemente, o nome de Carille surgiu como um forte candidato ao cargo de treinador do Corinthians, que está à procura de um substituto para António Oliveira na tentativa de sair da zona de rebaixamento. Inicialmente, Carille optou por não comentar a especulação sobre sua possível troca de clube, mas desta vez resolveu esclarecer a situação.

— Quando surgem rumores desse tipo, é claro que mexe com a gente. Sempre mantive o presidente Marcelo e seu filho Marcelinho informados sobre o que estava acontecendo. Não recebi nenhuma proposta oficial que me fizesse pensar em deixar o Santos. Na semana passada, conversei com o presidente na terça, viajei para Fortaleza na quarta e me concentrei nos jogos da semana. No sábado, mais tranquilo, falei com meu empresário para esclarecer as coisas, relatou Carille em entrevista ao Canal do Sormani.

— Não recebi nenhuma proposta. Foi falado que eu teria dito ao presidente Marcelo que pagaria a multa, mas isso nunca aconteceu. Estou comprometido com o Santos e focado no meu trabalho aqui, completou o treinador.

Quando perguntado sobre qual seria sua reação se a oferta do Corinthians tivesse realmente ocorrido, Carille respondeu: — Estou muito focado e satisfeito no Santos. Gosto muito da cidade e do ambiente aqui, o que me fez retornar do Japão. Meu empresário sempre me informa sobre possíveis propostas, mas até agora, nada chegou.

Meu empresário, Paulo Pitombeira, está comigo desde o início da minha carreira e só me traz informações concretas. Até o momento, estávamos focados nos jogos e não havia nada oficial. Por isso, não falei antes. Não gosto de falar sobre especulações que não existem. Estamos pensando em esclarecer tudo nas redes sociais, mas com a possível chegada de um novo treinador ao Corinthians, talvez não seja o momento apropriado para uma nota oficial, concluiu.