Presidente do Santos veta a chegada de reforço

Marcelo Teixeira após a eleição do Santos em 2023 (Foto: Reprodução/Santos)
Banner Stake

Marcelo Teixeira, presidente do Santos, bloqueia chegada de Léo Natel

O presidente do Santos, Marcelo Teixeira, decidiu vetar a contratação do atacante Léo Natel, considerando que um contrato de longa duração não seria um bom negócio para o clube.

Teixeira não enxerga o jogador como parte do elenco em um possível retorno à Série A em 2025. A possibilidade de uma aquisição por empréstimo até o final da temporada até foi cogitada, mas acabou não avançando.

Léo Natel, atualmente vinculado ao Corinthians, retornou ao Brasil após um período de empréstimo ao Melbourne City, da Austrália. Fora dos planos do clube paulista e com contrato vigente até o final de 2024, o atacante teria a possibilidade de assinar um pré-contrato com o Santos sem custos adicionais. A medida poderia ser vantajosa para ambas as equipes, pois aliviaria a folha salarial do Corinthians enquanto reforçaria o elenco santista. No entanto, essa não foi a visão do mandatário santista.

A contratação de Léo Natel foi um pedido do técnico Fábio Carille, que busca reforçar o ataque do Santos. Carille mencionou em entrevistas recentes a necessidade de quatro ou cinco reforços, incluindo um goleiro, um zagueiro, dois pontas e um centroavante. Natel, com a habilidade de atuar em ambas as pontas, aumentaria a concorrência com jogadores como Guilherme, Otero, Pedrinho e Patati.

Aos 27 anos, Léo Natel detém 30% dos próprios direitos econômicos, enquanto o Corinthians possui os outros 70%. Revelado pelo Benfica, de Portugal, o atacante passou por São Paulo, Fortaleza, Athletikos Podosferikos (Chipre) e foi comprado em definitivo pelo Corinthians em 2020.

Durante sua passagem pelo clube paulista, Natel marcou 4 gols em 55 partidas e foi emprestado várias vezes, incluindo para o Athletikos Podosferikos, Casa Pia (Portugal) e Melbourne City, onde teve um bom desempenho com 6 gols e 6 assistências em 29 jogos.