Jogador do São Paulo aceita oferta para jogar na Europa

Welington em ação pelo São Paulo (Foto: Reprodução/Instagram)
Banner Stake

Jogador assina pré-contrato de quatro temporadas com clube da Premier League

O lateral-esquerdo Welington, destaque do São Paulo, está prestes a trocar o Morumbi pelo St. Mary’s Stadium. O jogador aceitou uma proposta do Southampton, da Inglaterra, e deve assinar nos próximos dias um pré-contrato de quatro temporadas com o clube que disputa a Premier League. Com seu contrato atual com o São Paulo se encerrando em dezembro, Welington está livre para assinar um pré-contrato e deixar o Tricolor sem custos a partir de janeiro.

A intenção do clube inglês, no entanto, é tentar uma liberação imediata junto à diretoria são-paulina. Para garantir a presença do lateral no início da temporada inglesa, o Southampton está disposto a ceder parte dos direitos econômicos de Welington ao São Paulo, o que poderia resultar em um lucro futuro para o Tricolor em uma eventual venda do jogador.

O São Paulo, por sua vez, estava preparando uma nova oferta para convencer Welington a estender seu vínculo. O clube, que precisa ser notificado caso o pré-contrato seja assinado, não se opõe a negociar uma liberação imediata, mas exigirá uma compensação que reflita o valor de mercado do lateral. Essa abordagem visa garantir que o clube não saia completamente prejudicado com a saída do jogador.

Representantes do Southampton se reuniram nesta semana com Robson Ferreira, agente do jogador, para adiantar os detalhes da transferência. Segundo informações, caso não consiga a liberação imediata, o Southampton está disposto a aguardar até janeiro para integrar Welington ao seu elenco.

— A proposta está na mesa. O que falta para fechar? Estão sendo trocadas minutas de contrato. Estamos ajustando a questão salarial e tributária, uma vez que os impostos ingleses são ainda maiores que no Brasil, explicou o empresário do jogador.

As negociações para a renovação do contrato entre São Paulo e Welington começaram no início da temporada, mas geraram ruídos entre o clube e os representantes do jogador. A proposta do Southampton parece ter chegado em um momento oportuno, oferecendo uma solução que pode ser benéfica para todas as partes envolvidas.