Flamengo negocia lateral por 5 milhões de dólares

14
Maldini posa para foto com a camisa do Flamengo (Foto: Reprodução/Instagram)

Conforme publicado há alguns dias, o lateral-esquerdo Pablo Maldini, promessa das categorias de base do Flamengo foi negociado com o Al Wahda, dos Emirados Árabes. Inicialmente o jogador seria emprestado, entretanto, segundo o jornalista Renan Moura, da Rádio Globo, a negociação sofreu uma reviravolta e Pablo será comprado pelo Al Wahda.

Ainda segundo informações divulgas por Renan, o clube carioca irá receber 5 milhões de dólares. Na cotação atual, tal quantia representa 26 milhões de reais.

O jogador, inclusive, já embarcou com seu empresário para finalizar os últimos detalhes e assinar o vínculo com a nova equipe.

No Flamengo desde 2011, Pablo sempre foi tratado como uma joia. Em 2020 por exemplo, ele foi titular de todas as partidas que foram disputadas antes da paralisação do futebol devido a pandemia.

Volta dos treinamentos do sub-20

Conforme dito anteriormente, o futebol foi paralisado por conta do COVID-19. Após quatro meses sem nenhuma atividade, o elenco do sub-20 irá se reapresentar na próxima quinta-feira (30 de julho). Vale citar que todos os jogadores serão testados e todo o procedimento seguirá as orientações da OMS.

14 COMENTÁRIOS

  1. Concordo que tem que vender mesmo… E o Flamengo tem vendido bem… Só acho que as últimas vendas para os clubes portugueses poderiam ter algum valor… Tipo 1 milhão de euros… Mesmo que parcelado era uma boa grana… Pagaria 2 meses da folha do Mengão.

  2. Assino embaixo Marcelo Silva. Comentário muito sensato. Hj ainda não sei temos condições de concorrer com gigantes europeus em relação a salários e manter promessas. Até por que, temos feito muitas promessas na nossa base, e não tem espaço para todo mundo no nosso time. Tem que vender mesmo. E sinceramente, acho um valor bem justo. E outra coisa: ultimamente, todas as vendas de promessas, o clube tem ficado com um percentual. Não falado na reportagem. Mas é provável que nesse caso também tenha acontecido isso. Os que foram vendidos para times portugueses agora nessa janela( e foram 5 já), em quase todos os casos, ficou um percentual no clube. Tá certo a gestão do futebol do clube. Aliás, a melhor gestão dessa diretoria, é a do futebol! 👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽

  3. Minha opinião, só acho que o Mengão tinha que tentar sempre segurar um percentual do jogador, tipo 20%, pois se ele arrebentar futuramente o Mengão teria uma parte da venda, sendo que as vendas lá fora são geralmente maiores, quando há o sucesso do atleta!

  4. Falou tudo , pois é como se trocasse o garoto por Bruno Henrique sem que ao menos o garoto tenha jogado o profissional , maaaaais sera uma grande promessa essa garoto é muito bom

  5. Jogador entregue por uma mixaria…dirigentes preocupados em gastar uma enormidade com técnico estrangeiro, mas dos falados quase todos medíocres e aprendizes ou auxiliares…
    Galhardo, Sampaioli, Bielsa não vem…, afinal estão nos vendendo gatos por lebres…
    São técnicos como o próprio Rogério Cene….todos aprendizes e em início da carreira…
    e para viabilizar tal proeza começam a se desfazer das poucas joias que existem na base..,entregando-os por algumas moedas!

    • Acho que você poderia se informar melhor antes de postar qualquer coisa. Carvalhal e Jardim não são técnicos em início de carreira e são excelentes profissionais.
      É muito fácil criticar do sofá de casa e sem o menor conhecimento de futebol. Você conhecia o JJ antes dele vir para o Flamengo? Deve ter até criticado ele, né?
      Outra coisa: o Pablo tinha futebol para ser vendido por outro valor? Se tivesse, já estava no time principal.
      Acorda, parceiro…

      • Exatamente isso. Não tem noção nenhuma de quanto vale o garoto e estar criticando. Vc que acha esse valor uma “Mixaria” vale lembrar que Bruno Henrique custou ao Flamengo 27 milhões de Reais e Pablo foi vendido por 5 milhões de dólares na cotação atual. Você pensa que a diretoria tira dinheiro para pagar as contas, manter um patamar elevado do time como? Tem que vender as promessas mesmo. E acho que o Flamengo agora está vendendo muito bem. Com a venda de Vinícius Jr. e Paquetá o Flamengo montou a seleção que tem hoje ganhando tudo. E já tem Lázaro e Yuri César na mira de grandes clubes europeus. Vendendo esses dois, bote aí no mínimo, bem por baixo uns 300 milhões de reais. Arrascaeta foi 68 milhões, Gabigol foi 85 milhões, Gerson foi 60 milhões. Sem falar que o ninho do Urubu voltou a fabricar jogadores. Todo ano tem novas promessas em diversas posições. Hoje o Flamengo não espera o jogador para ficar maduro. Vende verde super valorizado e colhe maduro a preço de mercado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here