Flamengo prevê mercado da bola em 2021 mais conservador

4
Bruno Spindel, Pedro Rocha e Marcos Braz na apresentação oficial do jogador (Foto: Felipe Schmidt)

Grande protagonista do mercado da bola desde 2019, o Flamengo prepara passos mais cautelosos para os ajustes necessários para a temporada de 2021. Em tempos de pandemia, até o clube rubro-negro vai trocar grana por criatividade.

Embora o futebol ainda role —com o time dirigido por Rogério Ceni ainda à busca do Brasileirão—, a diretoria rubro-negra espera começar a desenhar a temporada de 2021, de fato, com mais calma a partir das próximas semanas. O tema é debatido internamente, mas Ceni e a cúpula de futebol iniciarão conversas mais concretas a partir da próxima semana.

Sem muito dinheiro disponível para investir, em comparação com os anos anteriores, o Fla dificilmente fará investidas como as que resultaram nos negócios de Arrascaeta e Gabigol, por exemplo, e projeta com cautela seus movimentos futuros. Agora, ao menos para os padrões assimilados pela torcia rubro-negra em tempos recentes —consideremos, de todo modo, que o clube já definiu a compra dos direitos do centroavante Pedro em seis parcelas que serão desembolsadas durante os próximos meses.

Uma tendência é que jovens emprestados tenham mais vez ao retornar ao Ninho do Urubu, o que é o caso do atacante Yuri César, jogador que teve bons momentos com Ceni no Fortaleza. Um “luxo” como Pedro Rocha, que custava muito por mês, foi sempre reserva e pouco devolveu em campo, não deverá se repetir.

O Rubro-Negro não descarta nomes de peso, é claro, porém a voracidade tem tudo para ser menor. Apenas no ano passado, os rubro-negros foram com sede para as compras e trouxeram nomes como os badalados Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Michael. Pedro Rocha, Thiago Maia e Pedro vieram por empréstimo.

E aí lembramos que o centroavante, contratado em definitivo após transação com a Fiorentina, já entra no bolo dos investimentos feitos para o ano que se inicia. Os cerca de R$ 87 milhões necessários para a quitação já comprometem um bom pedaço do montante previsto para investimento em reforços.

O cenário de cintos um pouco mais apertados deve-se em grande parte à covid-19. Em tempo de pandemia, os rubro-negros estimam que os estádios não estarão abertos ao público antes do final de março.

Apesar do cenário pessimista para este fim de ano, os rubro-negros foram arrojados em seu orçamento, visto que há previsão de receita de R$ 953 milhões. Deste total, R$ 168 milhões são provenientes de transferência de jogadores.

Retirado de: UOL

4 COMENTÁRIOS

  1. Gostaria que o Flamengo observasse o Claudinho do Red Bull jogar de bom nível técnico que vem dazendo um bom campeonato assim como Vina e claro o Marinho que nem precisaria insistir muito!

    • O Red Bull já afirmou que o Claudinho só será vendido se receber uma boa proposta do exterior. Eles não vão vender para nenhum clube brasileiro.

  2. A única contratação que ao meu ver foi erro da diretoria foi Pedro Rocha. Essa coisa de vc contratar jogador que está lesionado é um risco muito grande, ainda mais pelo valor que ele custou aos cofres do Flamengo. Michael, Gustavo Henrique e Léo Pereira infelizmente não deram certo. Flamengo apostou pelo que eles jogavam em seus clubes. Mas há de se avaliar melhor questões técnicas, físicas, táticas, comportamentais etc… de cada atleta. Para ver se ele se encaixa no perfil do Flamengo. Um jogador que seria muito útil e já deu certo em outros clubes é Marinho do Santos. Ele tem raça, técnica, goleador e queria vir para o Flamengo. Não pode deixar passar oportunidades assim. Pelo amor de Deus.

    • Marinho já esnobou muito o Mengão em época passada, deixa ele quieto no Santos. Fala muita besteira, tem que evoluir muito ainda, principalmente quando for abrir a boca. Jogar no Mengão não é pra qualquer um, os caras tremem sem torcida, imagina quando eles vêem a gente lá, empurrando o time? Deixa esses caras por lá e dá moral pra base. Mescla geral, faz o carlinhos fazia, aí é sucessoooooo!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here