Joia do Flamengo terá multa rescisória de R$ 635 milhões; maior da história do clube

Matheus Franca em ação pelo Flamengo (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)
Banner Stake

Destaque na vitória do Flamengo sobre o Palmeiras no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil Sub-17, por 7 a 3, com quatro gols marcados, o meia-atacante Matheus França está próximo de comemorar mais um feito: a renovação de contrato com o Rubro-Negro, mas dessa vez com valor de multa rescisória que chamará atenção.

Os representantes do jogador, das empresas Lifepro e Fuse, encaminharam a extensão do compromisso com o Flamengo até dezembro de 2026. Tratado como joia, Matheus França terá multa de outro patamar: 100 milhões de euros, 635 milhões de reais pela cotação atual. A cláusula rescisória será a maior da história do clube. Lázaro, do Sub-20 e Campeão Mundial Sub-17 pela Seleção, com 80 milhões de euros (508 milhões de reais ela cotação atual), é quem possui o maior valor no momento.

Embora o atual compromisso vá até junho de 2025, ou seja, mais quase quatro anos de contrato, o Flamengo, ciente dos assédios dos clubes do exterior, se antecipou ao problema e tratou de acertar uma extensão do vínculo com direito a uma boa valorização salarial.

Como acontece em todos os processos de renovação de contrato de jogadores das categorias de base, o novo contrato de Matheus França passará pelas aprovações dos dirigentes da base, como Luiz Carlos (Gerente Geral) e Carlos Noval (Gerente de Transição), e terá a anuência de Bruno Spindel (Diretor de Futebol) e Marcos Braz (Vice de Futebol). Depois, tem a assinatura do presidente Rodolfo Landim.

A tendência é que a assinatura de contrato seja feita na próxima semana, quando o departamento jurídico finalizará os trâmites para que Matheus França dê a canetada no novo compromisso junto com o Flamengo.

Com 17 anos, Matheus França chegou ao Flamengo em 2016, após se destacar na base do Olaria. No Rubro-Negro, ele é apontado como um dos grandes nomes da geração 2004, junto com Matheus Gonçalves e Petterson, e tem todas as credenciais para seguir os passos de Vinicius Junior e Lucas Paquetá, que deixaram o clube e estão fazendo sucesso na Europa e na seleção brasileira.

Nos bastidores do Ninho do Urubu, há quem diga que Matheus França se espelha em Cristiano Ronaldo, astro português. Tal como o craque do Manchester United, ele se preocupa desde já com alimentação regrada e hora de sono controlada para poder render nos treinamentos e jogos.

A receita tem dado certo. Em 2021, pelo Sub-17, foram 14 jogos e sete gols. Já pelo Sub-20, o garoto ostenta dois gols e três assistências em nove partidas. Além disso, o meia-atacante tem no currículo convocação para categoria de base da seleção brasileira, com direito a título sul-americano com a amarelinha em 2019.

Retirado de: O Dia